Cuidados

Não se deve, jamais, tomar suplementos por contra própria. É necessário sempre buscar o auxílio de um nutricionista ou de um médico. Os riscos para quem toma suplementos sem acompanhamento de um especialista podem ser altíssimos. Também é muito importante ter em mente que seu consumo jamais será capaz de substituir uma alimentação equilibrada. Quando consumidos, por exemplo, suplementos hipercalóricos em excesso, podemos sofrer de problemas nos rins e no fígado. Só devem tomar esse tipo de suplementos as pessoas possuem deficiências orgânicas reais. No caso dos suplementos termogênicos seu uso indiscriminado pode causar taquicardia, insuficiência cardíaca, pressão alta, acidentes vasculares cerebrais, alteração de humor, insônia, ansiedade, falta de ar, complicações nos pulmões e problemas no fígado e rins.

Tanto é assim que a substância a efedrina, presente em muitos termogênicos, é proibida no Brasil. Já no caso dos polivitamínicos, apenas os praticantes de atividade física intensa, os atletas profissionais e os indivíduos com ingestão alimentar restrita devem fazer uso desse tipo de suplemento. Seu uso inadequado e sem orientação correta pode causar problemas como distúrbios gastrointestinais, fadiga, lesão renal, erupção na pele e lesão hepática. Para os suplementos hormonais também é necessário ter acompanhamento médico. Seu uso por contra própria é muito perigoso, pois pode causar desde doenças cardiovasculares e problemas nos rins até derrame cerebral e infarto.

Possibilidades

veja mais sobre o tema