Histórico

Caráter mágico. Os benefícios da dança como uma arte com finalidades terapêuticas pode ser visto em diferentes civilizações. Nas culturas tribais, era através da dança que se estabeleciam relações entre o mundano e o mundo espiritual, entre o humano e a natureza. As danças eram também utilizadas para celebração de eventos importantes, eram também formas de integração do indivíduo à sua comunidade. Nas danças xamânicas, é forte a presença da capacidade de cura dessa arte. Conforme a sociedade foi se tornando patriarcal, priorizando a razão e a ciência, o caráter mágico e poderoso da dança foi se perdendo, passando a ser vista como uma atividade de lazer e entretenimento. A industrialização e o crescimento urbano contribuíram para que as danças circulares perdessem sua força, estando presentes apenas em apresentações folclóricas ou grupos étnicos. Na Idade Média, a dança foi proibida pelo Conselho de Toledo e, em 1298, era considerado um pecado grave.

Dança moderna. Apenas na década de 1920, com o advento do modernismo nas artes e a sua busca por novos padrões de realidade, surge a dança moderna, que abre portas para novas abordagens do movimento corporal, rompendo com as orientações clássicas até então vigentes. A dança foi incorporada às teorias de movimento e psicológicas, configurando-se como prática terapêutica. Inicialmente, o desenvolvimento de tais práticas se deu na América do Norte e na Europa. Acompanhando os avanços da psicologia, a dança passou a oferecer meios para expressividade. Os primeiros bailarinos modernos buscaram maneiras de revelar o inconsciente através do movimento. Tal olhar justificava-se pelo fato de acreditarem que a dança poderia explorar os sentimentos pessoais e temas universais. Foram desenvolvidos, ainda nessa época, métodos para a utilização da dança como movimento educativo, examinando-se as relações entre estrutura, função e emoção.

Vivencie

Palestras e Entrevistas

Balé para crianças

Balé para crianças
Palestras e Entrevistas

Dança contemporânea

Dança contemporânea
Guia

Instituto Brincante

Instituto Brincante

Para pensar

A tecnologia está acabando com as terapias vinculadas à dança?

Justamente pelo fato de o corpo estar muito cindido da mente, pela supervalorização da razão e desconexão com a totalidade, há uma demanda muito grande para práticas alternativas que favoreçam esta ...

VEJA MAIS

Possibilidades

Esportes

veja mais sobre o tema