Principais nomes

Thomas Merton (1915-1968) – Escritor e monge trapista da Abadia de Gethsemani, em Kentucky, nos Estados Unidos. Fez diversas viagens à Ásia, oportunidade em que procurou estabelecer o diálogo entre as religiões orientais e o cristianismo. Em seus mais de 70 livros, em vários gêneros literários, destaca as práticas contemplativas, as quais tiveram repercussão na primeira metade do século 20.

John Main (1926-1982) – Monge beneditino responsável pelo formato atual da meditação cristã. Nascido em Londres, em uma família católica irlandesa, Main serviu na linha de frente das etapas finais da segunda grande guerra. Após a guerra, entrou em uma ordem religiosa, a qual abandonou dois anos depois para estudar direito no Trinity College, em Dublin.

Mais tarde, durante uma visita a um orfanato em Kuala Lampur, na Malásia, conheceu Swami Satyananda, o fundador da Pure Life Society e mestre monástico hindu. Swami apresentou a Main uma forma simples de meditar, na qual se repetia um mantra ao longo de todo o período de meditação.

Main levou para o Ocidente as técnicas de Swami e as incorporou à meditação cristã. Ao retornar ao Reino Unido, tornou-se monge beneditino na Abadia de Ealing, em Londres.

Vivencie

Palestras e Entrevistas

Dom Laurence: cultivar a qualidade da atenção

Dom Laurence: cultivar a qualidade da atenção
Palestras e Entrevistas

Meditação cristã nas escolas

Meditação cristã nas escolas
Palestras e Entrevistas

Meditando com as crianças

Meditando com as crianças

Para pensar

É possível conciliar a meditação cristã com as práticas orientais?

A recuperação histórica da meditação cristã permite localizar muitos pontos de contato entre as práticas meditativas orientais, presentes em tradições mais antigas do que o cristianismo, e a forma c...

VEJA MAIS

Possibilidades

Esportes

veja mais sobre o tema