Outras visões

    Oposição ao kantismo: A chave hegeliana opõe-se aos fundamentos empíricos do criticismo kantiano. Em primeiro lugar, por considerar a estrutura categórica de Kant limitada e subjetiva. Hegel recusa a distinção entre coisa em si e fenômeno, a consciência transcendental e os juízo sintéticos a priori. O que está em questão nessa oposição é a diferença da concepção sobre a noção de “experiência” da consciência. As consequências entre ambos dizem respeito sobretudo à diferença da concepção da relação entre a finitude humana e o infinito, o que pode ser visto na ciência e na religião.

    Existencialismo: A divisão entre ser e pensar, tão cara aos pensadores existencialistas, em Hegel está unida. Por este motivo principal, o existencialismo kierkegaardiano, apesar de tomar a dialética hegeliana, muda a chave em que ela está inserida. O resultado é que na tradição existencial o indivíduo é colocado como o principal, enquanto em Hegel ele é uma parte integrante do Todo.

    Dialética marxista: A ideia de emancipação pelo comunismo é possível pela dialética marxista, que se coloca como uma dialética do trabalho, verdadeiramente efetiva, como teoria e práxis econômica. A dialética de Hegel é tida por Marx como o primeiro grande instrumento para pensar a relação entre pensamento e realidade no século 19. No entanto, ela estaria muito presa à filosofia como representação do pensamento, como uma ideologia.

    Friedrich Nietzsche (1844-1900): Nietzsche seria o avesso hegeliano. Crítico ferrenho da idea de Estado, de filosofia da história e da ideia de síntese. Defendeu a ideia de luta como sobreposição de uma parte sobre a outra, sobretudo pelo apreço do indivíduo e de suas vontades. Além disso, refutou toda tentativa de aproximar a filosofia da religião, como no idealismo alemão, em particular em Hegel.

Para pensar

Quais os cuidados especiais para estabelecer críticas à filosofia de Hegel?

Um problema comum é a contraposição da filosofia hegeliana às outras filosofias. Há uma dificuldade inata nessa tarefa, porque a filosofia de Hegel possui um discurso próprio, que dificulta toda int...

VEJA MAIS

Possibilidades

veja mais sobre o tema