Namu é

Conheça mais sobre o NAMU

Saiba mais sobre

Aristóteles: todos querem conhecer

Para o filósofo, as sensações não podem instruir, mas são o início da compreensão da realidade

Couleur / Pixabay / CC0 Creative Commons

Os sentidos são a porta para o entendimento da realidade, segundo Aristóteles

“Todos os homens têm, por natureza, desejo de conhecer”. Essa frase é do filósofo grego Aristóteles, publicada no primeiro capítulo de sua obra Metafísica. Ele segue dizendo: “sinal disso é a estima dos sentidos”. Em sua visão, todo homem nasce para conhecer e prova disso seriam os sentidos e como somos capazes de interpretá-los.

Para o pensador, apenas as sensações não podem instruir, mas elas são o início da compreensão da realidade. Existem cinco níveis de conhecimento, segundo Aristóteles, sendo o primeiro deles nossos sentidos: visão, audição, olfato, paladar e tato. A partir daí, vêm a memória, a experiência, a arte e a ciência.

O que nos difere dos outros animais é a nossa capacidade de reflexão sobre a realidade e nossa busca constante por seus princípios e causas, as quais ele denominou arte e ciência, os dois últimos graus de conhecimento. Talvez sejam essas umas das poucas características com as quais todos os seres humanos continuam a se identificar depois de tanta evolução.

Foto: Artis Rams / Flickr: Old man looking / CC BY-ND 2.0

Referências

  1. Metafísica, Livro 1, Capítulo 1 – Aristóteles