Namu é

Conheça mais sobre o NAMU

Receitas

Wrap de couve com patê de sementes germinadas

Saiba mais sobre

Cupuaçu, a joia da Amazônia

Rica em ácidos graxos, a fruta, muito utilizada na produção de doces, é fonte de energia e pode auxiliar a regular a pressão arterial

Bombom do Pará

O cupuaçu é muito versátil e utilizado na confecção de doces, sorvetes, compotas, mousses e bebidas

O cupuaçu é uma fruta amazônica tão potente e com tantas qualidades que uma companhia do Japão, em 2002, já tentou patenteá-la. Não conseguiu. Depois de uma intervenção feita por entidades brasileiras, o Escritório Japonês de Patentes decidiu, em 2004, cancelar o pedido da empresa daquele país que pretendia se tornar dona da patente do cupuaçu. Assim, a fruta voltou para a sua legítima e única dona: a Floresta Amazônica.

Pertencente à família do cacau, o cupuaçu (Theobroma grandiflorum) é nativo da região e uma das frutas mais populares da Norte do Brasil. Com casca grande e pesada, a fruta se destaca das demais por seu sabor único e cheiro marcante. Suas propriedades a tornam um alimento conhecido na culinária brasileira e de outros países como Japão, Estados Unidos, Alemanha e Argentina.

Por sua fácil adaptação ao solo, o cupuaçu, também conhecido como pupu e cupu, é cultivado em outros Estados como na Bahia. As variedades mais conhecidas do cupuaçu são: cupuaçu redondo (extremidade arredondada e mais cultivado na Amazônia), cupuaçu mamorama (extremidade alongada) e cupuaçu mamau (não apresenta sementes, extremidade redonda).

A importância econômica do cupuaçu vai além do consumo in natura. As sementes da fruta podem ser aproveitadas de diversas formas. A manteiga extraída das sementes é muito utilizada na área de beleza. Ressecamentos de pele e de cabelos estão entre os problemas tratados com cosméticos feitos do cupuaçu, o qual hidrata e proporciona maciez aos fios. Os cremes de cupuaçu são, por sua vez, capazes de proteger a pele dos raios ultravioletas. Perfumes, batons e sabonetes também entram na lista de itens fabricados a partir da fruta.

O cupulate, chocolate de cupuaçu, é um doce tradicional do Norte brasileiro. O baixo nível de cafeína não exclui suas semelhanças com o chocolate convencional. Sorvetes, sucos, bolos, bombons, mousses, cremes, tortas e pudins feitos com a polpa do cupuaçu são comuns na região e vêm ganhando espaço no resto do país.

Para aqueles que gostam de consumir o cupuaçu in natura, é importante lembrar que quando descongelado, o miolo da fruta não pode ser congelado novamente. O ideal é consumir o cupuaçu assim que ele for colhido.

Cupuacu (Theobroma grandiflorum)Benefícios

Apesar de não ser muito conhecido, a ingestão do cupuaçu é muito importante para a saúde. Rica em proteínas, cálcio, fósforo, ferro, vitaminas A, C, B e ácidos graxos, componentes orgânicos classificados como gorduras boas, a fruta é considerada fonte de energia e auxilia a manter os níveis saudáveis de lipídios no sangue e a regular a pressão arterial. Os benefícios do óleo extraído das sementes vão além da beleza. A presença desses mesmos óleos no organismo acelera a redução do colesterol ruim.

“Precisamos ingerir essas gorduras presente na fruta todos os dias, pois são muito importantes para manter nossa saúde e são ótimas, por exemplo, para a memória”, comenta o nutricionista Marcello Balido. As fibras presentes no cupuaçu evitam o acúmulo de toxinas no organismo e o ressecamento fecal. Porém, é preciso ficar atento em relação à quantidade de gorduras que são consumidas. “Em excesso, podem engordar e ajudar na constipação intestinal. O meu conselho [para quem consome cupuaçu em excesso] é beber bastante água durante o dia para evitar a prisão de ventre”, declara o nutricionista.

Lesões e infecções também podem ser tratadas com as propriedades do cupuaçu, em função de sua característica anti-inflamatória. Além disso, a fruta fortalece o sistema imunológico e tem ação antioxidante, que ajuda a combater os radicais livres, principais responsáveis por gerar doenças degenerativas e cardiovasculares. Segundo o nutricionista, o cupuaçu é considerado uma super fruta e não é de hoje que suas substâncias são aproveitadas para fins medicinais.

“O cupuaçu é muito usado pelos indígenas da região amazônica para dores corporais e suas sementes para tratar doenças digestivas”, relata. O chá e suco das folhas do cupuaçu servem como calmante e são utilizados em tratamentos contra bronquite, infecções renais e diarreia.