O que é

É o uso de uma fonte de luz natural ou artificial para tornar um ambiente prazeroso e viável à execução de alguma atividade. O objetivo de qualquer iluminação é propiciar o ótimo desempenho da função visual. É um elemento chave de arquitetura e do design de interiores.

Independentemente da origem, ela se baseia em três premissas fundamentais: deve ser funcional, ou seja, atender aos requisitos mínimos para convívio e trabalho; ser esteticamente agradável, para proporcionar sensação de conforto visual; e preocupar-se com a saúde. Essa última, embora muitas vezes negligenciada, é muito importante, pois uma disposição deficiente dos pontos de luz pode causar fadiga ocular e física.

A quantidade e a disposição luminosa exercem grande influência no comportamento humano. Lugares muito claros ou brilhantes tendem a aumentar o nível de atenção e irritabilidade, enquanto os escuros deixam o corpo em estado de descanso.

A preocupação com o meio ambiente é um aspecto importante na concepção e construção de um espaço. Um exemplo é a substituição das conhecidas lâmpadas incandescentes pelas compactas e, mais recentemente, pelas de LED em ocasiões em que uma iluminação específica é necessária.

Nos projetos mais recentes, o conforto fornecido pela luz natural colabora para que ela seja utilizada em áreas comuns, como corredores, salas de espera e até mesmo em locais de trabalho. Combinada com a artificial, pode economizar até 40% de energia elétrica.

Possibilidades

veja mais sobre o tema