Matthieu Ricard: a busca pelos verdadeiros professores

O religioso destaca a importância de seus mestres, como o Dalai Lama, em seu desenvolvimento pessoal e espiritual

Matthieu Ricard, monge budista, é considerado o homem mais feliz do mundo. Nesta entrevista, o religioso fala sobre a importância dos professores em sua vida e na vida das pessoas. Os verdadeiros professores, diz Matthieu, são raros de encontrar, mas fazem a busca valer a pena. “Para mim isso é indispensável. É claro que existem pessoas que estudaram e podem ser chamadas de amigos espirituais, podem te ajudar a esclarecer alguns pontos dos ensinamentos, talvez sejam capazes de falar línguas orientais ou pelo menos dar explicações sobre os textos. Então, eles podem ajudar como um amigo ajuda o outro. Mas um professor verdadeiro é algo mais raro e ainda assim acho que devemos nos esforçar para encontra-lo”, declara. 

Foto: rubber bullets / Flickr: monk / CC BY 2.0


Veja também:
Matthieu Ricard: felicidade genuína
Mattheu Ricard e a revolução do altruísmo
O monge Matthieu Ricard fala sobre altruísmo e compaixão

Créditos

Direção: Alessandra Haro
Reportagem: Daniel Cunha
Produção: Guilherme Speranzini
Câmera: Karol Rosi e Sandra Adami
Edição e finalização: Cintia Pimentel

O NAMU agradece à Associação Palas Athena pela viabilização desta entrevista.