fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU
HOME » Alimentação » Vegana » Gerais

Gerais

Confira alguns alimentos para a imunidade baixa

Fique de olho no cardápio e monte uma refeição equilibrada, com todos os nutrientes necessários para a imunidade baixa
Da redação
26/03/19

Sem tempo para ler? Que tal OUVIR esse texto? Aperte o play abaixo e ouça o post.

 

Cansaço excessivo, unhas e cabelos fracos, alergias na pele, gripes, resfriados, tudo isso pode ser consequência da imunidade baixa. Quando o corpo não está fortalecido, fungos, vírus e bactérias têm espaço para agir no organismo, o que acaba causando as doenças. Por isso, é de extrema importância cuidar da saúde e prevenir, ao máximo, o ataque desses microrganismos.

A alimentação tem papel fundamental no fortalecimento do sistema imunológico. Pessoas que não dão o valor devido acabam por ficarem doentes com mais facilidade. Em estações mais frias, como o outono e o inverno, é essencial manter o organismo protegido e longe da ação dos radicais livres. Então não pense duas vezes em manter o seu cardápio sempre equilibrado.

Está com fome no meio da tarde? Troque a bolacha por uma fruta. Ficou com sede na hora da refeição? Substitua o refrigerante por um suco natural. Essas pequenas mudanças podem parecer bobas, mas ao longo do tempo verá como sentirá o seu corpo mais forte e cheio de energia.

Simples hábitos podem transformar uma vida. Então, confira a seguir alguns alimentos naturais que podem ser incrementados no seu cardápio e ainda fortalecer o seu sistema imunológico.

Alho e cebola

O alho e a cebola são alimentos controversos: há quem os ame, há quem os odeie. E apesar dessa disputa em relação ao gosto desses ingredientes, uma coisa é certa: são muito benéficos para a saúde.

A utilização do alho e da cebola para fins medicinais não é recente. Ambos os alimentos têm propriedades capazes de fortalecer o organismo e prevenir algumas doenças. O selênio, por exemplo, tem ação antioxidante, que combate os radicais livres. O alho também conta com a alicina, substância responsável pelo forte odor, ela tem ação anti-inflamatória.

imunidade baixa

Frutas cítricas

Kiwi, laranja, tangerina, limão e acerola devem fazer parte do cardápio de quem deseja ter mais saúde. Essas frutas cítricas têm bons níveis de vitamina C, importante para o fortalecimento do sistema imunológico. As vitaminas e minerais presentes nesses alimentos também ajudam a controlar o colesterol no sangue e a prevenir doenças cardiovasculares e crônicas.

Vegetais verde escuros

Que tal inovar na salada? Vegetais verde escuros, como couve, brócolis e espinafre são boas alternativas para quem precisa fortalecer o sistema imunológico. Os alimentos são ricos em vitaminas e minerais, como potássio, magnésio e ácido fólico, que ajudam a deixar o corpo mais forte e longe da ação dos microrganismos maléficos.

Oleaginosas

Quem não gosta de uma castanha na comida? Ou então daquele bolo com nozes? Muitos não sabem, mas esses pequenos alimentos são ótimos para a imunidade baixa. As vitaminas e minerais presentes, como o selênio, fortalecem o organismo e atuam na defesa dos vírus e bactérias. Mas lembre-se, nada de abusar, pois esses alimentos também são ricos em gorduras.

O ideal é ingerir de duas a três frutas por dia, assim como dois vegetais/legumes. Por isso, fique de olho no cardápio e monte uma refeição equilibrada, com todos os nutrientes necessários para a boa manutenção do organismo e para melhorar a imunidade baixa.

Não sabe como montar um cardápio equilibrado? O Namu pode te ensinar. Confira nossos cursos online de gastronomia saudável e fique por dentro do mundo da culinária sem sair da sua casa.


Recomendados
Gerais

Carnismo: você já ouviu falar?

Para psicóloga Melanie Joy, o carnismo é uma id...

Gerais

Comida de rua vegana e sustentável

Cozinhas sobre rodas superam modismo, sofistica...

Gerais

Curso de sobremesas e dicas veganas para você e o seu negócio

Aulas ensinam receitas saudáveis para o dia a d...

Gerais

Sobremesas veganas: nada se perde, tudo se transforma

Conheça as possíveis substituições mais saudáve...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *