fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU
HOME » Alimentação » Gerais »

Gerais

Mindful eating: o que é e como praticar?

Praticar mindful eating não é tão difícil quanto parece, já que é no dia a dia que o método deve ser aplicado, independente de onde estiver
Da redação
08/01/19

Nem sempre temos o que tempo que precisamos para a realização das tarefas diárias. Acordar cedo, ir para o trabalho, utilizar transporte público, tudo isso já requer grande parte do nosso dia. Se para arrumar uma roupa ou varrer a casa já fica difícil, quanto mais pensar no que comer durante a semana.

A alimentação tem sido uma das áreas mais negligenciadas hoje em dia. A correria faz com que comamos qualquer coisa, sem ao menos nos importarmos com o que está sendo servido. Pior ainda quando nos alimentamos sem o mínimo de atenção possível. O mindful eating veio para mudar essa situação.

O que é mindful eating

Antes de falar sobre mindful eating, é preciso saber o que é a prática de mindfulness. Mindfulness é a atenção plena. É vivenciar o presente sem julgamentos. É levar os seus pensamentos para o agora, sem olhar para o passado ou se preocupar com o que há de vir, é ter autoconsciência.

O mindfulness pode ser praticado de várias formas, e uma delas é por meio do mindful eating. Então, como definir esse conceito que vem sendo propagado cada dia mais?

Mindful eating é autocuidado, é ter consciência do presente. É escolher os alimentos que colocará no prato e poder vivenciar o momento, sem julgamentos. É aceitar o seu corpo, é saber a importância daquele momento em que estiver comendo. É aceitar com consciência tudo o que leva à boca.

“Essa prática faz com que os indivíduos tenham mais autocuidado com a própria saúde, sejam mais conscientes das suas emoções, dos seus pensamentos e a forma como eles lidam com o comer. A gente também já tem muita evidência publicada do comer com atenção plena como um tratamento ótimo para a compulsão alimentar”, declara o nutricionista João Motarelli.

Ao contrário do que alguns pensam, mindful eating não é uma restrição alimentar, não é uma dieta. Também não é um estilo de vida ligado a uma causa específica, como vegetarianismo ou veganismo. Também não julga que determinado alimento é ou não calórico.

“Comer intuitivo é observar que você tem a capacidade de se autorregular. É você confiar nos seus sinais internos e acreditar que você não precisa de uma dieta que diga que horas comer, quanto comer e o que comer”, reforça o nutricionista.

mindful-eating

Como praticar mindful eating?

Praticar mindful eating não é tão difícil quanto parece. Como você já leu, é no dia a dia que o método deve ser aplicado.

Comece na sua casa. Tire um tempo determinado para a refeição, esse período deve ser reservado para a refeição, sem interferências externas. Sente confortável e relaxe. Respire corretamente, não deixe que as preocupações tomem conta da sua mente.

Observe os alimentos que tem no prato e não os julgue. Sinta o sabor e a textura de cada alimento colocado à boca. Observe-os, cheire-os, sinta-os. Permita que memórias cheguem com cada ingrediente. Esqueça as calorias. Nesse momento o foco total é para vivenciar cada alimento.

Lembre-se: nada de celular ou televisão na hora da comida. Esse tempo deve ser exclusivo para o comer.

Gostou das informações sobre mindful eating e gostaria de aprender mais sobre o mindfulness de uma forma geral? Fique de olho no lançamento do curso da professora Tamara Russel Mindfulness: meditação em movimento.


Recomendados
Gerais

Laranja: conheça os benefícios desse sucesso nacional

Fonte de vitamina C, a laranja fortalece o sist...

Entrevistas

Eduardo Corassa e o crudivorismo

O chef e nutricionista Eduardo Corassa relata s...

Entrevistas

Manuela Scalini e a alimentação crua

A chef Manuela Scalini conta como o contato com...

Entrevistas

Bela Gil e a alimentação saudável

Nesta entrevista, Bela Gil conta como surgiu em...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *