fbpx
Logo portal NAMU
HOME » Alimentação » Gerais » Glúten

Gerais

Intolerância a Glúten: aplicativos fornecem dietas completas e saborosas

Segundo estima a Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil (Fenacelbra), aproximadamente 2 milhões de pessoas sofrem com intolerância a glúten no país. Seja por causa da doença celíaca, seja por causa de alergia ou especificamente por causa da intolerância, a ingestão dessa proteína pode causar sintomas e sinais bem comuns, como diarreia, dor […]
Equipe Namu
01/03/21
Segundo estima a Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil (Fenacelbra), aproximadamente 2 milhões de pessoas sofrem com intolerância a glúten no país. Seja por causa da doença celíaca, seja por causa de alergia ou especificamente por causa da intolerância, a ingestão dessa proteína pode causar sintomas e sinais bem comuns, como diarreia, dor de cabeça e fadiga.   O dado brasileiro, entretanto, pode ser muito maior, pois somente nos últimos anos a doença celíaca ficou mais conhecida. Com isso, milhões de pessoas já aprenderam que precisam adaptar suas dietas, o que às vezes é um desafio. A notícia boa é que a tecnologia já ajuda quem procura alternativas!

O que é a intolerância a glúten?

Em primeiro lugar, você sabe o que significa intolerância a glúten? A princípio, trata-se da incapacidade de o organismo digerir o glúten, proteína presente no trigo, na cevada e na aveia e em outros produtos.   E essa intolerância pode ser motivada por três condições diferentes: a doença celíaca, a intolerância e a alergia. Embora estejam todas relacionadas ao consumo do trigo, elas são causadas por processos diferentes.  

Doença Celíaca

  A doença celíaca é uma condição autoimune, ou seja, quando o próprio sistema imunológico se volta contra o organismo e causa um processo inflamatório. No caso da doença celíaca, essa inflamação ocorre no intestino a partir da ingestão do trigo ou de qualquer outro produto que contenha glúten.   Já quanto aos sintomas, destacam-se os principais:  
  • Diarreia;
  • Dor abdominal;
  • Enxaqueca;
  • Vômitos;
  • Fadiga.
  Até o presente momento, a doença celíaca não tem cura e é mais comum em crianças. Para conviver com o problema, a única alternativa é retirar da alimentação o glúten.

Alergia a glúten

Já a alergia a glúten também ocorre por causa do ataque do sistema imunológico às células saudáveis do organismo, o que desencadeia um processo inflamatório. Mas nesse caso, a pessoa que sofre com a condição não precisa necessariamente ingerir o alimento, basta ter contato com ele.   Já quanto aos sintomas da alergia a glúten, os mais comuns são:  
  • Coceira;
  • Manchas na pele;
  • Falta de ar;
  • Tosse;
  • Dor abdominal;
  • Vômitos;
  • Diarreia entre outros.
 

Intolerância a glúten

Enquanto isso, a intolerância a glúten não tem relação com o sistema imunológico, mas está relacionada à incapacidade de o organismo produzir enzimas digestivas capazes de absorver o glúten.   Assim, a proteína fica alojada nas paredes do intestino, causando inflamação. Com relação aos sintomas, eles são bem semelhantes aos da doença celíaca.

Como conviver com a intolerância a glúten?

Se você foi diagnosticado com alguma das condições apresentadas anteriormente, saiba que para conviver com o problema a única solução é mudar a sua dieta.    Nesse caso, ela vai passar a ser “restritiva”, já que em suas refeições não haverá a presença de vários alimentos que contenham o glúten. Mas não se preocupe, pois retirar o glúten do cardápio não significa nunca mais poder comer pães, bolos e massas, por exemplo. Não acredita? Então clique aqui e aprenda a preparar duas receitas sem glúten.   Pelo contrário, é possível aprender a preparar receitas saborosas e nutritivas, que não coloquem a sua saúde em risco. O mais legal disso tudo é que você pode ter acesso a várias delas por meio de um aplicativo de celular.

Onde encontrar dietas restritivas?

É claro que você precisa de acompanhamento profissional após descobrir a intolerância a glúten. Contudo, no dia a dia precisará muito de si e da sua própria experiência e conhecimento.   Por isso, o primeiro passo é ler mais sobre os alimentos que deve evitar. Aprenda a identificar nos rótulos onde está o glúten e também pesquisar bastante.    Uma dica importante é baixar um bom aplicativo de saúde e bem-estar em seu celular. O super app Namu, por exemplo, reúne em um único lugar vários conteúdos para você cuidar do corpo, da mente e da alimentação em conjunto.    Portanto, além de aulas fitness, de yoga, pilates e de práticas meditativas, esse super aplicativo oferece mais de 980 receitas de dietas diversas para você cuidar da sua rotina alimentar. Nesse caso, tanto que tem intolerância a glúten, como intolerância à lactose, além de restrição a ingredientes de origem animal poderão se beneficiar com a tecnologia.   Outra novidade do super app Namu que certamente vai te ajudar a conviver com a intolerância a glúten são os fóruns de discussão. Divididos por objetivos (ou temas), eles te conectam com outros usuários do aplicativo, sendo uma ótima ferramenta para trocar informações e experiências.   E como se já não bastassem todas essas vantagens, com esse super aplicativo você também tem acesso a todos os cursos online da plataforma Namu. Sem dúvida esse é o melhor caminho para cuidar da alimentação onde e quando quiser.

É difícil mudar a alimentação?

Conforme você pode perceber, graças à tecnologia é possível descobrir novos sabores, assim como uma nova forma de preparar os alimentos. É claro que vai precisar se abrir a novos conteúdos, alimentos e experiências de outras pessoas, mas pode ser um processo prazeroso.   Imagine ter todas as receitas na palma da sua mão? Com isso, a dieta restritiva fica menos complicada. Porém, não pense que “restritiva” significa “passar fome”, pois não é a ideia.   O que acontece é que você deverá tirar o glúten da sua alimentação, mas não deixará de comer o que gosta. Como o próprio super app Namu mostra, você pode adaptar todas as suas receitas, basta querer conhecer novos ingredientes.   Os alimentos com glúten, na verdade, são recentes, pois antes pouco se utilizava essa proteína. Então, você irá descobrir que há muitas formas de preparar as comidas que mais ama sem descuidar da saúde.   Aproveite para ler outros conteúdos sobre bem-estar e alimentação no Portal Namu. E não se esqueça: conviver com a intolerância a glúten pode ser mais fácil com o super app Namu! Baixe em seu dispositivo e leve consigo as melhores dicas para o seu dia a dia.

Recomendados
Gerais

Lancheira infantil barata e saudável | Volta às aulas

Sabemos que a preocupação de muitas famílias é ...

Gerais

Como se manter saudável na quarentena

Desde março de 2020 o isolamento social, medida...