fbpx
Logo portal NAMU
HOME » Alimentação » Vegetariana » Gerais

Gerais

Volta ao mundo com a culinária vegetariana

A chef Natália Werustsky ensina receitas práticas de diversas regiões e nacionalidades
Da redação
27/09/19
A plataforma online NAMU Cursos oferece mais uma série de aulas sobre gastronomia. O curso Volta ao mundo com a culinária vegetariana terá como professora Natália Werutsky, chef especialista em culinária funcional, vegetariana, vegana e raw food. Confira a seguir:

Volta ao mundo com a culinária vegetariana

chef especialista em culinária vegetariana Nutricionista e autora de livros relacionados, Werutsky ensinará em suas aulas cardápios completos com entradas, pratos principais e sobremesas de diversas regiões e nacionalidades.   As delícias da culinária tailandesa, americana, mexicana, mediterrânea, do oriente médio, italiana, indiana, chinesa e brasileira estarão entre as receitas práticas do curso. Além disso, a professora dará orientações sobre aproveitamento de alimentos, dicas nutricionais, conservação e durabilidade para preservar o sabor dos pratos. Ao se matricular no curso você obterá o material complementar com todas as receitas e mais três de bônus. As aulas têm acesso ilimitado e podem ser vistas no smartphone, tablet e computador, no local e horário de sua preferência. A primeira aula é gratuita. Assista ao vídeo promocional: https://youtu.be/IHVy-7Bp00c

Sobre a professora

Natália Werutsky é nutricionista formada pelo Centro Universitário São Camilo, em administração de empresas pela FAAP e chef em gastronomia pelo Natural Gourmet Institute for Health & Culinary Arts of  New York. Também é pós-graduada em nutrição clínica funcional pelo Instituto VP/UNICSUL. Werutsky atua na área da nutrição clínica e institucional, realiza atendimento clínico nutricional, presta consultoria, ministra palestras, cursos e treinamentos. Para mais informações sobre o curso Volta ao mundo com a culinária vegetariana acesse o site do NAMU Cursos ou entre em contato pelo e-mail [email protected].

Bônus: receitas do curso volta ao mundo com a culinária vegetariana

#FaçaemCasa: fritata

Veja uma receita do curso de volta ao mundo com a culinária vegetariana com Natália Werutsky:    

#FaçaemCasa: rolinho thai

Confira mais uma receita do curso de volta ao mundo com a culinária vegetariana com Natália Werutsky. Saboroso e nutritivo, o rolinho tailandês pode ser servido como entrada ou aperitivo, já que é leve e não é frito. Veja a seguir o passo a passo da receita:     Gostou das receitas? Quer se tornar mais um adepto da culinária vegetariana? Então adquira o curso completo aqui.

Por que ser vegetariano?

Beneficiar a saúde, não gerar sofrimento aos animais e reduzir o impacto ambiental são os três fatores apontados por Marly Winckler, presidente honorária da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), para abandonar o consumo de carne e produtos de origem animal. Confira a seguir bons motivos para se render à culinária vegetariana:

Mais saúde

Primeiro, a culinária vegetariana traz muitos benefícios à saúde. Vivemos surtos quase epidêmicos de certas doenças que estão muito ligadas à alimentação. Estudos demonstram, por exemplo, que as populações vegetarianas têm 31% menos riscos de apresentar cardiopatias. Além disso, têm 50% menos chances de ter diabetes, 88% menos probabilidade de desenvolver câncer de intestino grosso e 54% menos de câncer de próstata.

Reduzir o impacto ambiental

A culinária vegetariana também reduz os impactos do consumo de carne no meio ambiente. Veja a seguir alguns deles:

Efeito estufa

Um grande emissor de gases de efeito estufa é a pecuária. No Brasil, temos um rebanho de cerca de 200 milhões de cabeças de gado para quase a mesma quantidade de pessoas, cerca de 210 milhões. Inclusive, existe uma corrente que afirma que 18% das emissões de gases estufa vêm da pecuária. Enquanto que todos os transportes somados emitem 13%.

Desmatamento

Essa quantidade de gado também exige que novas áreas sejam desmatadas para criar rebanhos. Por causa disso, o bioma da Mata Atlântica praticamente se foi, ou seja, existem apenas 8,5% restantes. Afinal de contas, quando você destrói as matas, você destrói também a biodiversidade. E estão fazendo isso sem dó, nem piedade com o cerrado e a floresta amazônica. Outra causa de destruição de matas é o cultivo da soja. E cabe ressaltar que a maior parte não vai para o consumo humano, mas sim para a ração de animais. Para exportar ração, inclusive. Há um desperdício enorme, porque você precisa de 8 a 10 kg de soja ou outros cereais nobres como milho para gerar 1 kg de carne. Num mundo onde há 1 bilhão de pessoas passando fome, optar por uma dieta centrada na carne é antiético. Sendo assim, abandonar o consumo de carne e aderia à culinária vegetariana seria a melhor solução.

Crise hídrica

A produção de carne também é uma das grandes consumidoras de água: para produzir 1 kg de carne precisa-se de 15 mil litros de água. Enquanto, o consumo indicado para uma pessoa segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) é de 110 litros de água por dia.

Acabar com o sofrimento dos animais

Segundo Marly Winckler, presidente da Sociedade Vegetariana Brasileira, a indústria da carne faz questão de esconder o que acontece com os animais hoje em dia. Quem se der ao trabalho de levantar a pontinha desse tapete verá uma cena dantesca. Não é possível você gerar paz se você gera violência, se todos os dias você se senta à mesa para consumir carne. A maneira como os animais vêm sendo criados e abatidos é muito cruel. Porém, a preocupação com os animais também é um fenômeno recente. Há cerca de 40 ou 50 anos os animais entraram numa linha de produção e estão sendo criados totalmente em confinamento. Inclusive, no Brasil, 100% da produção de frangos e suínos é feita em confinamento. E embora a de boi ainda não seja, já caminha para isso, porque as áreas estão ficando escassas. Trabalha-se não com um ser, mas com uma coisa da linha de produção. Ainda, temos os problemas dos peixes. No mundo, são 70 bilhões de seres mortos e gerados para realimentar esse rebanho por ano. Você tem noção o que são 70 bilhões de animais? E você, pensando em aderir à culinária vegetariana, mas não sabe por onde começar? Então conheça os cursos de alimentação saudável do NAMU e garanta mais qualidade de vida comendo melhor!

Recomendados
Gerais

Como aplicativos com comida vegetariana te ajudam a variar o cardápio

Ao contrário do que se imagina, a comida vegeta...

Gerais

Alimentação vegetariana: 5 receitas práticas

A alimentação vegetariana combina saúde e sabor...