fbpx
Logo portal NAMU
HOME » Corpo e Mente » Gerais »

Gerais

5 práticas simples para ter qualidade de vida

Confira a seguir 5 atitudes que vão ajudá-lo a ter mais saúde e disposição para enfrentar os desafios do dia a dia com qualidade de vida
Da redação
17/04/20
Um dos pilares para ter qualidade de vida é cuidar do corpo e também da mente. Mas, como fazer isso no dia a dia? A seguir reunimos 5 dicas para que você possa atingir esse equilíbrio e viver melhor. Acompanhe!

O que é qualidade de vida?

Vamos recorrer à Organização Mundial da Saúde (OMS) para explicar de forma clara o que a entidade reconhece como conceito de qualidade de vida: "É a percepção do indivíduo de sua inserção na vida, no contexto da cultura e sistemas de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações." A partir disso podemos entender, então, que qualidade de vida está realmente relacionada ao bem-estar de uma forma geral. E não se esqueça: isso inclui desde a saúde física até mesmo à espiritual, psicológica e emocional. Portanto, pode-se compreender que cuidar de si inclui a adoção de vários hábitos positivos. Não adianta cuidar do corpo e se esquecer de trabalhar as emoções, por exemplo. A ideia é cuidar de si por completo, lembrando também da autoestima e autoconfiança. É claro que entram aqui também outros quesitos como o acesso a direitos básicos: educação, saúde, entre outros. Porém, essas são questões de maior âmbito, que tem a ver com igualdade social e responsabilidade governamental.

Dicas para ter qualidade de vida: conheça as 5 essenciais

Agora que já falamos do conceito de qualidade de vida, é importante saber como aplicar isso no dia a dia. Algumas dicas práticas podem fazer você viver melhor e com mais entendimento! conquistar a qualidade de vida

1. Opte pela alimentação saudável

Você sabia que aquilo que ingere tem interferência até mesmo no seu humor? A alimentação é um dos principais aspectos da sua saúde e qualidade de vida, por isso é tão importante que ela seja de qualidade. Nesse sentido, deve-se evitar produtos industrializados, ricos em açúcar, frituras e gorduras. Além de ser uma forma de prevenir a obesidade, isso também melhora a sua disposição. Por outro lado, a alimentação saudável tem como base principalmente as carnes magras, legumes e verduras. Mas não entenda isso como restrição alimentar, pois não é do que se está falando! Alimentação saudável é consumir todos os nutrientes exatos que o seu corpo precisa, mas da forma correta. E isso inclui até mesmo a maneira como eles são preparados. Investir em uma nutrição funcional, por exemplo, é garantir ao seu corpo que ele terá energia para o dia inteiro, sem favorecer o acúmulo de gordura, entre outros problemas. Aqui, a dica é também por aprender melhor sobre culinária, mesmo que as práticas mais simples, pois ajuda a comer melhor.

2. Faça yoga

Se você nunca pensou em praticar yoga, saiba que a atividade está diretamente ligada aos bons níveis de qualidade de vida. Isso porque muito mais do que trabalhar o corpo, o yoga desenvolve a capacidade de foco e diminui o estresse. E, convenhamos, aprender a controlar o estresse é uma das principais necessidades que se tem atualmente. Além desse benefício, a prática do yoga também é muito indicada para pessoas que sofram com transtorno de ansiedade e que tenham dificuldade de concentração. ter qualidade de vida
Um dos principais destaques do yoga é que ele não tem contraindicações. Ou seja, ele pode ser praticado por pessoas de qualquer idade, pois os seus movimentos respeitam os limites de cada um, de crianças a idosos.
Além disso, por ser uma atividade de baixo impacto, o yoga também pode ser praticado em casa sem nenhuma dificuldade, não importa se você é iniciante ou não. Inclusive, ele também é uma ótima forma de aprender técnicas de respiração, fortalecer a musculatura e aumentar a flexibilidade.

3. Pratique meditação

A meditação também proporciona mais qualidade de vida aos seus adeptos. Afinal, essa prática milenar pode te ajudar a lidar com as emoções causadas pelas situações do dia a dia, diminuindo sobretudo os níveis de estresse e ansiedade. Além disso, a meditação também promove o autoconhecimento, que contribui para que você possa compreender a origem de traumas e pensamentos negativos. Assim, você aprende a controlá-los e superá-los de forma efetiva. Portanto, pode-se afirmar que a meditação é uma prática de cura interior, e não é um exagero pensar dessa forma. E, assim como o yoga, também pode ser praticada por pessoas de todas as idades.

4. Tenha momentos de lazer

Trabalhar o tempo inteiro pode causar problemas como a Síndrome de Burnout, que vem atingindo cada vez mais pessoas. Ela se caracteriza pelo processo de exaustão física e mental devido ao trabalho, que se reflete diretamente na produtividade. Para evitar isso, priorize sempre a sua saúde mental mesmo no ambiente de trabalho. Isso também significa saber se desligar nos momentos fora do trabalho e manter atividades de lazer. Tenha hobbies, aprenda habilidades novas e faça questão de realizar atividades ao ar livre.

5. Alongue-se ao acordar

Pode parecer pouco, mas esse hábito é uma das melhores formas de começar o seu dia! Isso porque ao alongar o corpo você ativa todo o organismo, incluindo os hormônios associados ao bem-estar e à felicidade. Aliás, é justamente por isso que muitas pessoas gostam de praticar yoga e meditação logo no início da manhã. Como são práticas que alongam bastante o corpo, acaba-se unindo uma coisa à outra. Mas, se você não pode fazer as atividades no início do dia, não deixe de alongar o corpo pelo menos cinco minutos ao sair da casa. Essa também é uma dica que dá mais disposição e previne lesões musculares ao longo do dia. Lembre-se de que a qualidade de vida não é apenas sobre viver mais tempo, mas sobre viver bem. Isso inclui as dicas que você conferiu no artigo, mas também muito mais para o seu dia a dia. Baixe gratuitamente o e-book Manual da Vida saudável e obtenha dicas valiosas que vão te ajudar a ter uma vida muito mais equilibrada.

Recomendados
Gerais

7 dicas para acabar com o sedentarismo no home office

Sem dúvida alguma o home office possui muitas v...

Gerais

Home office: como organizar a rotina de treinos?

Trabalhar em home office tem sido um grande des...