fbpx
Logo portal NAMU
HOME » Corpo e Mente » Gerais »

Gerais

5 sintomas do estresse que não percebemos

Alguns sintomas do estresse são mais evidentes, mas há também aqueles que passam despercebidos pelas pessoas. Saiba quais são e aprenda a se livrar deles
Da redação
10/09/20
Ele pode passar despercebido, mas é uma enfermidade que oferece prejuízos físicos e emocionais a médio e longo prazo. Muitas pessoas, inclusive, sofrem com os sintomas do estresse e nem percebem. Contudo, ele pode ser a causa daquela queda de cabelo insistente, da vermelhidão na pele ou uma coceira insistente que apareceu após um evento estressante. Caso você tenha se se enxergado dentro de algum desses contextos, acompanhe o artigo a seguir. Nele, você saberá o que é o estresse, conhecerá as suas causas e aprenderá como minimizar seus sintomas. Confira!  

O que é o estresse?

  De maneira geral, podemos compreender o estresse como um estado de alerta comum a todas as pessoas. Ele é o responsável pela liberação de substâncias químicas no organismo como a adrenalina e o cortisol, por exemplo. Tais hormônios te impulsionam a agir em determinadas situações como fugir em caso de perigo ou responder no caso de uma afronta. Em níveis normais, ele não é considerado um problema. Contudo, quando você se expõe frequentemente a essas situações cotidianas ou extremas o estresse passa a ser crônico e a desencadear vários problemas na sua saúde física e mental.  

Mas afinal, o que causa o estresse?

  A princípio, vários fatores podem causar o estresse e eles podem variar de pessoa para pessoa. O fato é que suas causas geralmente estão relacionadas ao modo de viver de cada um. Ou seja, sua casa, seu bairro, seu trabalho, onde estuda e a forma com que você lida e age com os acontecimentos a sua volta. Nesse sentido, muitas são as causas que podem levar ao estresse. Dentre elas as seguintes podem ser tratadas como as principais:
  • Problemas financeiros;
  • Cobranças excessivas no trabalho;
  • Entrega e apresentação de trabalhos, seja na faculdade ou emprego;
  • Ambiente escolar competitivo, bullying e dificuldade em aprender;
  • Doença ou perda de algum familiar, brigas, divórcio, problemas com os filhos.
  Ressaltamos que não há um “bater de martelo” sobre as causas do estresse. Até mesmo porque o que pode ser para alguns uma situação normal e natural, para outros pode ser algo extremamente estressante.  

Sintomas do estresse mais comuns

  O constante estado de estresse prejudica o seu sistema imunológico e por causa disso te deixa mais vulnerável a uma série de condições físicas e psicológicas. Tais condições geralmente se manifestam através de alguns sintomas específicos e você deve estar atento a isso. Os sintomas do estresse mais conhecidos são:
  • Fadiga ou falta de energia;
  • Insônia;
  • Ansiedade;
  • Irritabilidade;
  • Taquicardia;
  • Hipertensão;
  • Suor excessivo;
  • Mal estar;
  • Desânimo;
  • Cansaço excessivo;
  • Boca seca.
 

5 sintomas do estresse que não percebemos: como resolver?

  Conforme citamos anteriormente, há sintomas do estresse que são mais evidentes, como irritabilidade, insônia, ansiedade, taquicardia entre outros. Entretanto, há também aqueles que não percebemos e que dificilmente associamos ao estresse, tornando o diagnóstico mais difícil.   Por isso, veja a seguir 5 sintomas do estresse que geralmente passam despercebidos pela maioria das pessoas. Esteja atento a eles, pois eles podem te ajudar a identificar um problema que causa inúmeros prejuízos a saúde física e mental.   Assim, ficará mais fácil adotar medidas de combate a esse mal, que tanto pode comprometer a sua qualidade de vida. Confira.  

1. Problemas de pele

  Pessoas estressadas tendem a ter mais problemas de pele, como a acne. Isso porque durante os episódios de estresse há a liberação de uma substância química chamada cortisol, que em níveis elevados, induzem o funcionamento das glândulas sebáceas. Como resultado, a pele fica mais oleosa e mais suscetível ao surgimento da acne. Mas, embora a acne represente um dos sintomas do estresse que dificilmente são relacionados ao problema em si, há também outros que prejudicam a saúde da pele de forma semelhante. Entre eles, podemos citar o aparecimento de placas vermelhas, os eczemas, as caspas e a queda de cabelo. Se você tem sofrido constantemente com esses problemas de pele, saiba que se livrar deles requer um cuidado integrado. Nesse sentido, práticas o Mindfulness, por exemplo, são eficazes no combate ao estresse e ansiedade. Ainda, evite espremer as espinhas e invista em cosméticos naturais e orgânicos para manter a sua pele nutrida de verdade.  

2. Dores nas costas

  Ademais, o cortisol também aumenta a sua percepção sobre a dor. Dessa forma, é comum que você sinta dores musculares, principalmente nas costas. O problema é que tais incômodos podem prejudicar consideravelmente a sua produtividade no trabalho, bem como a realização das suas atividades domésticas. Felizmente, tanto o yoga quanto o pilates te ajudam a equilibrar corpo e mente através de técnicas respiratórias e realização de posturas. Além disso, tais atividades promovem o relaxamento muscular e o alinhamento postural, benefícios capazes de aliviar dores nas costas e em outras partes do corpo. yoga ajuda nos sintomas do estresse  

3. Fome em excesso

  Você sabia que a fome excessiva também pode estar relacionada ao estresse? Isso se deve principalmente ao aumento nos níveis de ansiedade, que torna o ato de comer uma resposta para a angústia, para a tristeza e para o desgaste físico e psicológico. Também chamada de fome emocional, ela causa diabetes, hipertensão e está comumente ligada à obesidade. Para se livrar do problema, o ideal é manter uma alimentação equilibrada. Ter por perto snacks saudáveis para aqueles momentos em que bate a vontade de beliscar algo certamente irá contribuir para a sua saúde.  

4. Dores de cabeça

  Um estudo feito com 100 pacientes acometidos por cefaleia crônica revelou que 90% deles estavam sob constantes situações de estresse. Inclusive, metade deles estava na fase de quase exaustão. Como resultado, o estudo apontou que o estresse foi capaz de reduzir significativamente a qualidade de vida dessas pessoas. Portanto, se você sente dores de cabeça constantemente, saiba que isso pode ser cefaleia tensional, que é mais um dos sintomas do estresse. Para se livrar dela, é preciso desestressar. Para que isso seja possível, procure praticar pelo menos 30 minutos por dia de alguma atividade física, como caminhada, corrida, exercício funcional, dança ou qualquer outra modalidade que te dê prazer. Isso porque durante a realização dos exercícios há a liberação de uma substância química chamada endorfina, que reduz os níveis de estresse e ansiedade. Como resultado, você vai sentir uma grande melhora em suas crises de dor de cabeça. Além disso, ainda terá uma melhora da qualidade do seu sono e da sua autoestima.

5. Gripes recorrentes

Por fim, vale também mencionar que o estresse provoca alterações no seu sistema imunológico, comprometendo as defesas do seu organismo. Nesse cenário, um dos sintomas do estresse que se torna muito comum é a gripe recorrente. Por isso, é imprescindível que você fortaleça seu sistema imunológico com um cardápio funcional. Trata-se, na verdade, de uma alimentação rica em nutrientes capazes de nutrir e regular o seu organismo afastando uma série de doenças. Mas, você também pode apostar no aplicativo Namu como uma solução integrada para controlar o estresse e todos os seus sintomas. Ele reúne em um único lugar aulas online de yoga, meditação guiada, pilates, alimentação saudável entre várias outras, que vão equilibrar o seu corpo e a sua mente com apenas alguns cliques. Confira!

Recomendados
Gerais

7 dicas para acabar com o sedentarismo no home office

Sem dúvida alguma o home office possui muitas v...

Gerais

Home office: como organizar a rotina de treinos?

Trabalhar em home office tem sido um grande des...