fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU
HOME » Corpo e Mente » Pilates » Gerais

Gerais

Ginecologia natural: cuidados naturais para a saúde íntima

Quer cuidar da sua saúde íntima de forma natural? Conheça o movimento ginecologia natural e aprenda como alguns cuidados naturais para sua saúde íntima.
Da redação
03/09/19

Está à procura de métodos naturais para cuidar da sua saúde íntima e se deparou com o termo ginecologia natural, mas não tem ideia sobre o que se trata? 

A Ginecologia Natural é um movimento que resgata a autonomia da mulher sobre o próprio corpo. Diferente do que se pensa, vai muito além de se tratar com plantas. É um novo olhar acerca das questões da saúde feminina, de forma holística e, claro, integral.

É importante lembrar que a ginecologia natural não é uma especialidade da medicina tradicional. Gira em torno da consciência corporal para identificar quais situações, comportamentos e emoções desencadeiam cada tipo de doença. Podendo causar, também, algum distúrbio ou desregulamento do ciclo menstrual, por exemplo. 

saiba mais sobre a ginecologia natural

Por que conhecer mais a ginecologia natural 

O movimento visa ensinar as mulheres como fazer o autoexame e tratamentos naturais. A fim de deixar os medicamentos alopáticos o mais longe da sua rotina o possível. 

Apesar dos tratamentos naturais estarem voltando aos holofotes agora, a realidade é que a ginecologia natural é o retorno ao modo como nossos ancestrais cuidavam da própria saúde. O conhecimento que volta a ser debatido nas rodas de amigas, já eram usados décadas atrás. 

Afinal, quem é que não conhece uma avó ou tia que sempre tem a receita de um chá, banho ou xarope que é tiro e queda para a sua reclamação? 

Segundo Marcela Campos, especialista em contracepção natural e saúde reprodutiva holística, em um dos seus vídeos observa que nós temos o direito de saber o que se passa em nosso corpo, pois é a partir daí que nos conhecemos por inteiro e passamos a ser capazes de fazer escolhas mais acertadas em relação a nós mesmas. 

Em um dos seus vídeos, ela elucida a relação formada com o corpo de uma maneira bem simples. Como, por exemplo, a decisão sobre o uso de contraceptivo. Muitas vezes, não é feita pela mulher, mas sim pelo ginecologista. 

Ou seja, ainda hoje há um obstáculo em torno do autoconhecimento que devemos ter sobre nosso corpo. A desinformação e os tabus em torno da sexualidade feminina promovidos pela nossa sociedade só os reforçam. 

E a ginecologia natural, assim como o movimento da humanização do parto, é um caminho que procura olhar para as necessidades do corpo de uma forma mais natural e humana. 

Como cuidar da sua saúde íntima com a genecologia natural 

Dormir sem calcinha

Deixar a região vaginal abafada e quentinha - juntamente com a umidade natural do local, torna o ambiente perfeito para a proliferação de bactérias e fungos. Por isso, dormir sem calcinha pode trazer benefícios a sua saúde íntima. 

Sem um tecido abafando o ambiente, é possível diminuir os corrimentos e o excesso de suor. Além de prevenir infecções e outras irritações que podem surgir por conta do atrito do tecido com a pele. 

Banhos de assento 

O tratamento que vem lá da época das nossas avós pode funcionar como paliativo para amenizar os sintomas de algumas doenças. 

Existem ervas medicinais bactericidas e anti-inflamatórias. Como o óleo de melaleuca, por exemplo, que podem ser utilizadas para cuidar da saúde íntima. Nós já falamos aqui sobre alguns dos benefícios da melaleuca

Quer saber como fazer banho de assento? A prática é muito simples e pode ser feita por qualquer um. Basta colocar água morna em uma bacia. Misturar a erva de sua preferência e sentar-se por 2 a 3 minutos na mistura. Enxugue bem a região e deixe-a arejada - sem roupas que abafem a região.

Mas, atenção: o banho de assento não cura, e sim ameniza os desconfortos de algumas patologias externas; por isso é bom ficar de olho e, caso os sintomas persistam, não deixe de procurar um especialista. 

Vaporização vaginal com ervas

A técnica que está ganhando cada vez mais adeptas pode ser uma boa alternativa para cuidar da saúde íntima. Assim como os banhos de assentos, a vaporização vaginal é um tratamento paliativo. Essa técnica visa preservar a flora a fim de mantê-la sempre saudável.

Ou, em alguns casos, o método pode ser utilizado também como recurso natural para amenizar sintomas de alguma doença vaginal externa. 

Não sabe o que é vaporização vaginal? A prática consiste em ficar de cócoras, sem calcinha, sobre um recipiente com água quente misturada com ervas aromáticas, permitindo que a região genital seja invadida pelo vapor. 

Apesar de não serem regulamentadas aqui no Brasil, em algumas culturas como Nigéria e Coreia do Sul, esses banhos de vapor são bastante comuns. 

Lavar a vulva só com água 

Parar de usar sabonete e lavar a vulva só com água é o suficiente para manter a região higienizada. Você também pode optar pelo uso de produtos compostos por ingredientes naturais é outra solução para evitar possíveis infecções, por exemplo.

Mas evite os sabonetes comuns, pois eles têm o pH alcalino, o que pode prejudicar a camada superficial lipídica da pele, causando secura excessiva e até mesmo a diminuição da acidez na pele vulvar. 

Mas, por que o pH do produto utilizado na região vaginal é tão importante? Para ter uma ideia da complexidade da flora vaginal é preciso entender sobre o pH da região, que é considerado ácido, pH 4, pois ele pode ser muito suscetível aos fatores externos. 

Ou seja, se ficar mais ácido, pH 3,8, por exemplo, corre-se o risco de a candidíase aparecer. De outro lado, se diminuímos a acidez, digamos, para pH 4,5, a região está predisposta a receber infecções. 

Por isso, manter a região limpa da forma mais natural o possível, é de extrema importância para manter o pH e o funcionamento do sistema imunológico vaginal saudáveis. 

Quer saber mais sobre ginecologia natural? Dê o play e assista nosso bate-papo com Beatriz Yoshimura sobre o assunto. 

https://www.youtube.com/watch?v=byRv5_cqIEY

Para quem quer começar a cuidar da sua saúde da forma mais natural possível, nos cursos online de cuidados pessoais da Namu você aprende a fazer escolhas mais sustentáveis, conscientes e também a fazer os seus próprios cosméticos naturais. Clique aqui e confira. 


Recomendados
Gerais

Pilates: como torná-lo uma filosofia de vida como o Yoga?

A instrutora de Pilates Gerusa Gurak explica os...

Gerais

Postura corporal: aprenda a melhorar a sua

Saiba como manter a postura corporal correta co...

Gerais

Pilates em casa: faça aulas onde estiver

A professora Gerusa Gurak mostra como fazer exe...

Gerais

Pilates para entrar em forma

A técnica pode aumentar a flexibilidade e o con...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *