fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU
HOME » Corpo e Mente » Yoga » Gerais

Gerais

Posturas rápidas de yoga para relaxar

Quem realiza a prática há um tempo já conhece os seus benefícios: ajuda a descansar e a diminuir o estresse e a ansiedade
Da redação
06/04/17

Sem tempo para ler? Que tal OUVIR esse texto? Aperte o play abaixo e ouça o post.

Dias corridos não são nada fáceis. A turbulência das grandes cidades é um dos principais problemas de quem mora ou trabalha em centros urbanos. Vai para um lado, corre para o outro e a saúde se desgasta a cada minuto, ainda mais quando a qualidade de vida não é prioridade. Sabe-se que nem sempre é possível dar uma caminhada para relaxar ou então ir naquela aula de dança maravilhosa. Mas existem diversas atividades que podem ser feitas em casa e que proporcionam um grande bem-estar, a yoga é uma delas. Quem pratica yoga há um tempo já conhece os seus benefícios: ajuda a descansar e a diminuir o estresse e a ansiedade. É uma ótima dica para quem deseja melhorar e harmonizar o corpo e a mente. Uma respiração correta contribui para o aumento da concentração e do bom humor. Pensando nisso, o blog do NAMU Cursos selecionou algumas posturas para você realizar ao chegar em sua casa e relaxar. 1 Inicie a prática sentado, bem confortável. Você pode cruzar as pernas, ou colocar o pé em cima do colo. Feche os olhos e aprofunde a respiração. Inale profundamente pelas narinas, exale profundamente pela boca. Fique nessa posição por alguns minutos. Não se importe com o que acontece ao lado, apenas fique concentrado. Lentamente, coloque as mãos junto ao peito. 2_2 Vá para a posição chamada quatro apoios. Sente-se e alargue os braços aos poucos lá na frente. Relaxe a testa na direção do chão. Caso não consiga, dobre os braços e coloque a testa sobre as mãos. Alongue os braços, com os cotovelos longe do chão, se possível. Respire lenta e profundamente. 3 Olhe para a frente. Volte para quatro apoios. Separe os joelhos na distância dos quadris, os braços e os ombros também. Inale, coloque o cóccix para cima. 4 Na exalação, olhe para o umbigo e arredonde a coluna. Repita os dois movimentos. 5 Relaxe os ombros e eleve a perna direita. 6 Exale, joelho na direção do peito. Testa na direção do joelho. Repita os movimentos. Conecte-se sempre com a respiração, ela é importante para ter uma prática mais fluída. Deixe que a respiração vá um pouco à frente do movimento. 7 Volte para a postura da criança. Jogue as mãos para trás e descanse o corpo. 8 Inale e eleve a perna esquerda mais uma vez. Exale e flexione o joelho na direção da testa. Repita os movimentos. 10 Volte para a postura da criança e relaxe os ombros. Respiração longa e profunda. 11 Inale e volte para quatro apoios. Eleve a perna direita e, se possível, erga o braço esquerdo, bem reto e com os dedos abertos. Faça o mesmo procedimento com a perna esquerda. Perna esquerda atrás e mão direita à frente. Permaneça alguns segundos na posição. 12 Volte para os quatro apoios e coloque os pés para trás. Alongue o tronco para cima. Jogue o corpo um pouco mais para a frente, espalhe os dedos das mãos no chão. Inale e jogue o tronco para a frente. Se possível, com as duas pernas alongadas. 13 Em seguida, caminhe os pés entre as mãos. Inale, olhe a frente. Exale e relaxe, coloque a cabeça na direção do chão. 14 Inale, coloque as mãos nos quadris, olhe para a frente e eleve todo o corpo. Coloque as mãos junto ao corpo. Caso queira aprender mais posturas, adquira um curso online de yoga. Além de mais econômico, te ajuda a relaxar e você nem precisa sair de casa para aproveitar de todas as vantagens da prática. Foto: Matthew Ragan / Flickr / CC BY-SA 2.0

Recomendados
Gerais

Yoga dance: o melhor da dança aliado ao yoga

O yoga dance permite que transmutemos ansiedade...

Vinyasa

Hatha vinyasa yoga: como começar

A professora de yoga Camila Reitz mostra o pass...

Kundalini

kundalini yoga: como ele ajuda o seu dia a dia?

Subagh Kaur Khalsa fala sobre as origens do kun...

Gerais

Budismo tibetano: a história de Daniel Calmanowitz e o cultivo do bem

O monge tibetano, que foi aprendiz de Lama Gang...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *