fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU
HOME » Corpo e Mente » Yoga » Gerais

Gerais

Trikonasana: como fazer e quais são os benefícios?

O trikonasana é um exercício que representa a trindade de deuses da religião hindu, figuras que simbolizam os três aspectos da existência
Da redação
15/03/19

Quem faz yoga sabe os benefícios que a prática pode trazer à saúde, como ganho de flexibilidade, redução de estresse e aumento de bem-estar.E existe ainda uma grande variedade de movimentos possíveis dentro do método, mas será que você conhece o trikonasana?

O nome é uma junção de duas palavras em sânscrito (trikona = triângulo + asana = postura), e nada mais é do que posturas em formato de triângulo. Elas fortalecem as pernas, os quadris e as costas, auxiliando no alinhamento corporal, porém esses são apenas alguns dos benefícios da prática regular. Existem muitos outros.

Descubra agora como fazer o trikonasana e todos os impactos positivos que essa postura do yoga pode trazer para você.

Os benefícios do trikonasana

O trikonasana é um exercício que representa a trindade de deuses da religião hindu, figuras que simbolizam os três aspectos da existência (evolução, manutenção, dissolução). Assim como o triângulo, o movimento trabalha três forças da existência. Quando praticado de maneira correta e regularmente, os benefícios ao corpo são múltiplos:

  • alívio de dores nas costas; 
  • alívio de estresse;
  • fortalecimento da medula espinhal;
  • fortalecimento das coxas, joelhos e tornozelos;
  • melhora da digestão;
  • redução da gordura localizada na cintura;
  • redução da ansiedade.

Ciente de todos esses benefícios, você deve estar com muita vontade de realizar as posturas. Mas tenha calma, ela não é recomendada para qualquer pessoa, pois existem contraindicações.

Para quem o trikonasana é indicado

Dependendo da sua condição física, as posturas do yoga deverão ser adaptadas ou até excluídas do programa. Por isso, consulte antes um especialista para que ele possa avaliar com cuidado a sua saúde e indicar os melhores exercícios para você.

O trikonasana não é indicado para pessoas com as seguintes condições: diarreia, problemas no coração, pressão alta, gestação, problemas no pescoço e idade avançada.

Se você não apresenta nenhuma dessas condições e visita regularmente o médico, pode começar a praticar o trikonasana, até mesmo dentro de casa. Encontre um local tranquilo e espaçoso, e comece a incluir a postura na sua rotina. Veremos agora o passo a passo.

trikonasana

Como fazer a postura

De pé e com a postura reta, separe os seus pés e estique todo o corpo. Vire uma das pernas em um ângulo de 90 graus, enquanto mantém a outra esticada e levemente inclinada.

Levante os braços no nível do ombro com as palmas viradas para baixo. Vire-se para a direção da perna inclinada a 90 graus. Se você inclinou a perna direita, coloque a mão direita sobre a canela o mais longe que conseguir.

Lembre-se de manter a coluna reta. Levante o braço livre em direção ao teto com a palma virada para a frente, e então incline a cabeça como se estivesse olhando para ela.

Você deve sentir uma torção do quadril até a coluna ao completar a postura, mas isso é normal. Estique o máximo que puder e concentre-se na posição. A respiração deve ser longa e você deve se manter relaxado. Volte à posição original e faça algumas repetições do trikonasana, só que agora para o outro lado.

Tanto a mente quanto o corpo são beneficiados pelo trikonasana. Quando executado de maneira correta, o triângulo posiciona as vértebras da coluna de um jeito saudável. A postura também equilibra os 7 chacras e produz uma sensação de abertura. Que tal começar o quanto antes a incluir o trikonasana na sua rotina?

Se você gostou do asana, saiba que existe um curso específico para trabalhar posturas invertidas no yoga. Ficou curioso? Conheça mais sobre o curso posturas de sustentação sobre os braços e invertidas.


Recomendados
Vinyasa

Hatha vinyasa yoga: como começar

A professora de yoga Camila Reitz mostra o pass...

Kundalini

kundalini yoga: como ele ajuda o seu dia a dia?

Subagh Kaur Khalsa fala sobre as origens do kun...

Gerais

Budismo tibetano: a história de Daniel Calmanowitz e o cultivo do bem

O monge tibetano, que foi aprendiz de Lama Gang...

Gerais

Princípios do kriya yoga para a felicidade

Para Osnir Cugenotta, um dos objetivos do kriya...

Participe da discussão

1 comentário

  1. A prática de yoga também beneficia as mamães após o parto. Além de agilizar a recuperação e recobrar o assoalho pélvico e região do umbigo, alongamentos ajudam a resgatar a postura realinhando a coluna e fortalecem os músculos que sofrem com flacidez. Além disso, uma prática cada vez mais comum é aquela incluindo os bebês nos exercícios pós-parto. Além de aumentar, ainda mais, o vínculo entre mães e filhos, tais exercícios buscam a compreensão mútua e o autoconhecimento nessa fase nova e emocionante da vida. Viu como a yoga pode ajudar a tornar a gestação uma experiência ainda mais saudável e feliz? Com alguns exercícios, o corpo pode se preparar melhor para acomodar o bebê e fazer com que a chegada do novo membro da família seja a mais confortável e natural possível

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *