fbpx
Logo portal NAMU
HOME » Filosofia » Filosofia da Educação » Antroposofia

Filosofia

Brinquedos antroposóficos: a magia do mundo Waldorf

Artesãs constroem brinquedos educativos para estimular a criatividade e interação das crianças
Bruno Torres
27/09/19

A infância é uma das épocas mais marcantes da vida. São nas primeiras experiências que crianças descobrem sobre o mundo que as rodeia. Interagir com o real faz com que a capacidade de aprender se torne cada vez maior e, assim, forme a personalidade de cada um de nós. As brincadeiras são essenciais para o crescimento saudável, elas ajudam a desenvolver sensações e emoções que serão conhecidas aos poucos. Os momentos mais bonitos da infância, normalmente, são aqueles que transmitiram alegria e afeto. Em certas situações, os brinquedos foram responsáveis por tais acontecimentos. Não importa o que eram, desde meias emboladas que imitavam bolas de futebol até a casinha de madeira construída pelo pai. Esses momentos ficam marcados na nossa memória e tornam-se parte de nossa personalidade.

Um simples objeto é capaz de acender a imaginação de uma criança e ampliar sua autonomia para brincar. O simples fato de uma mão para outra, como aquela boneca de pano ou cavalo de balanço, torna a peça especial e única. Assim, as crianças valorizam seus objetos e os guardam com carinho, principalmente, quando ganham de uma pessoa querida. Com esses ideais, artesãs procuram recuperar, por meio da construção de brinquedos educativos inspirados na pedagogia Waldorf, a essência da infância. O objetivo é deixar fluir nos pequenos a criatividade, o cuidado, a socialização e o amor. Afinal, nem tudo nesse mundo é descartável.

Criar, brincar e educar

Com o desejo de proporcionar para a filha Sofia brinquedos que durassem a vida inteira, a designer e artesã Carolina Moreira começou a fabricar brinquedos em casa. O fato de durar e ser passado de irmão para irmão, fez com que a artesã se apaixonasse ainda mais por esse tipo de trabalho. “Sempre gostei de criar e me dou muito bem com os trabalhos manuais. Então, comecei a fabricar em casa todos os brinquedos que eu e minha filha desejávamos ter”, relata Moreira. Mas não parou por aí. Em pouco tempo, Carolina começou a fazer para a escola da filha. Nesse momento, seus produtos ganharam fama e foi assim que surgiu o Ateliê Materno.

“O objetivo principal na fabricação é estimular a brincadeira saudável. Brincar é um hábito essencial para a criança ter uma melhor qualidade de vida, além de auxiliar na formação emocional, intelectual, social e física dos pequenos em crescimento”, comenta Moreira. Inspirados na pedagogia Waldorf e no método Montessori, os brinquedos estimulam a criatividade das crianças. “Esses brinquedos trazem para os pequenos o mundo real, com cores e materiais de verdade. Eles proporcionam um brincar onde a criança cria uma linguagem própria, desenvolve habilidades físicas coerentes com a realidade e exercita a coordenação motora corretamente”, completa Moreira.

Cozinha, composta por box de fogão e geladeira, e oficina de ferramentas são alguns dos móveis que podem ser encontrados no Ateliê Materno. Porém, o sonho vai muito além. Segundo Moreira, os projetos são imensos e outros produtos já começaram a ser pensados. “Para mim tudo é possível, desde que a pessoa entenda que o processo é 100% artesanal, que esse é um empreendimento materno, no qual as coisas acontecem em tempos diferentes”, reforça Moreira. Todo o trabalho é realizado nos finais de semana, em seu jardim, com a ajuda especial de Sofia.

Além do incentivo à criatividade, o ateliê também se preocupa com o meio ambiente. Torneiras estragadas, panelas usadas, ou qualquer outro tipo de material em desuso, são utilizados nos brinquedos. Como mora em Florianópolis, Santa Catarina, a artesã declara que é um pouco mais difícil usar objetos reciclados da casa de outras pessoas, pois alguns dos clientes estão em outros Estados, entre eles, São Paulo e Minas Gerais. Mas, isso não impede que, por exemplo, interessados enviem via correio um objeto que desejam para colocar no trabalho.

Não é só a região Sul que se beneficia. O Ateliê Materno faz entrega para todas as regiões do país. Quem quiser encomendar os brinquedos precisa entrar em contato via e-mail, pois o negócio ainda não possui site. Os produtos que estão disponíveis custam entre R$ 400 e R$ 750.

Arte da Mantiqueira

Na Mantiqueira, em Minas Gerais, mora uma artesã chamada Nívea Heringeh que, assim como a Carolina Moreira, é apaixonada por brinquedos de madeira. “Sempre amei trabalhos com madeira. Quando meu pequeno nasceu, não tinha como comprar, pois, os importados são muito caros. Foi quando me mudei para o sul de Minas e conheci o trabalho de alguns artesãos. Pensei bem e vi que outras pessoas gostariam de comprar”, comenta Heringeh. Foi nesse primeiro pensamento que decidiu criar o Arte da Mantiqueira.

“Me apaixono cada vez mais pela proposta. Espero que continue crescendo”, diz Heringeh. Segundo a artesã, que faz entrega para todo o país, o intuito de iniciar o negócio também foi por conta da vontade de cuidar mais do seu filho, Micah. “Atualmente, todo o funcionamento é de responsabilidade minha e dele”, brinca.

Trens de madeira, kit pintura, helicópteros, aviões, cavalinhos de balanço, carros e até jogos tradicionais estão entre os produtos feitos pela artesã, que também se inspira na pedagogia Waldorf e no método Montessori. “Busco me especializar nessas pedagogias, já fiz um curso sobre materiais Montessori. Agora, estou desenvolvendo uma cesta dos tesouros (material Montessori) que no Brasil não é produzida”, declara Heringeh.

Os brinquedos artesanais são pintados com tintas não tóxicas e indicados para crianças acima de três anos, menores só com supervisão adulta. Todos eles visam desenvolver nas crianças a criatividade, a coordenação motora e a capacidade de planejamento e soluções de pequenos problemas. Os materiais coloridos, por exemplo, trabalham com o reconhecimento de cores. Para Heringeh, “esse tipo de brinquedo funciona como fonte de informação e enriquecimento para o cérebro das crianças”. Os valores e modelos se encontram no catálogo online e possuem descrição detalhada sobre medidas e de quais materiais são compostos.

Os pedidos do Arte da Mantiqueira podem ser realizados em sua conta do Facebook ou pelo e-mail [email protected]. Já os do Ateliê Materno, devem ser pedidos no e-mail [email protected]. Foto 2 e 4: Arte da Mantiqueira Foto 3: Ateliê Materno


Recomendados
Filosofia da Educação

Uma miniaula, por favor!

O projeto Escola de Rua aumentou o cardápio do ...

Filosofia da Educação

Educação autônoma no Projeto Âncora

Sem aulas e sem divisão por idade, escola em Co...