fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU

O que é

Estimulação neural periférica: Os avanços nos conhecimentos atuais em neurofisiologia permitiram, por sua vez, definir a acupuntura como um método de estimulação neural periférica, cujo objetivo é promover mudanças nas funções sensoriais, motoras e autonômicas, viscerais, hormonais, imunitárias e cerebrais, com resultados terapêuticos.
Os mecanismos de ação da acupuntura estão consolidados a partir do paradigma da resposta fisiológica da estimulação neural.
Medicina tradicional chinesa: A acupuntura é o resultado da observação paciente das leis da natureza, que pôde levar certos indivíduos a viver em sincronismo com estas mesmas leis (uníssono com o tao) e derivar daí uma forma de terapêutica.
Portanto, nos seus primórdios, a acupuntura era mais preventiva do que curativa. No entanto, tais conhecimentos foram e continuam sendo transmitidos e aperfeiçoados através de milênios.
A acupuntura e a moxabustão são um ramo da medicina tradicional chinesa, que ainda engloba outros ramos, como a fitoterapia chinesa, as massagens, os exercícios respiratórios, o tai chi chuan e o chi kung, entre outros.
Qi: A medicina tradicional chinesa (MTC), sistema no qual está inserida a acupuntura, se baseia na seguinte ideia: uma energia, chamada de qi (pronuncia-se “tchi”), flui ao longo de caminhos no corpo chamados de meridianos. Neste conceito, se o fluxo de qi ao longo destes meridianos é bloqueado ou tem algum tipo de desequilíbrio, uma doença pode ocorrer.
A acupuntura utiliza pontos específicos do corpo, os pontos de acupuntura ou acupontos, situados nos meridianos, para reequilibrar a energia qi.
Acupuntura em termos técnicos: Muitos autores tentam explicar a acupuntura por modelos ocidentais. Disso derivam informações importantes. Por exemplo, o ponto de acupuntura difere anatomicamente e histologicamente da pele ao seu redor.
A epiderme, nesses pontos, é mais rica em terminações nervosas livres. Os pontos de acupuntura são na sua maioria “perfurações” da fáscia corporal superficial, de onde emerge um feixe vásculo nervoso em direção à derme, e que nos lugares aonde não existe a fáscia (face, dedos, calcanhar etc), os feixes vásculo nervosos dérmicos se aprofundam em direção à camada músculo aponeurótica.
Outros autores relatam que o estímulo da acupuntura ativa terminações sensoriais cutâneas e que as informações resultantes deste estímulo acionam pelo menos duas vias neurais centrais (sistema nervoso central). Ainda temos aqueles que afirmam que o estímulo da acupuntura está relacionado com uma ação ao nível energético, neural e humoral do organismo.
O mais interessante de se notar é que muitas das mais modernas ciências, com todas as suas sofisticações tecnológicas, explicam ou tentam explicar, ou ainda confirmam, conhecimentos chineses de milênios atrás, que eram formulados somente pela observação e raciocínio.
Estimulação neural periférica
Os avanços nos conhecimentos atuais em neurofisiologia permitiram, por sua vez, definir a acupuntura como um método de estimulação neural periférica, cujo objetivo é promover mudanças nas funções sensoriais, motoras e autonômicas, viscerais, hormonais, imunitárias e cerebrais, com resultados terapêuticos. Os mecanismos de ação da Acupuntura estão consolidados a partir do paradigma da resposta fisiológica da estimulação neural.
Medicina tradicional chinesa
A acupuntura é o resultado da observação paciente das leis da natureza, que pôde levar certos indivíduos a viver em sincronismo com estas mesmas leis (uníssono com o tao) e derivar daí uma forma de terapêutica. Portanto, nos seus primórdios, a acupuntura era mais preventiva do que curativa.
No entanto, tais conhecimentos foram e continuam sendo transmitidos e aperfeiçoados através de milênios. A acupuntura e a moxabustão são um ramo da medicina tradicional chinesa, que ainda engloba outros ramos, como a fitoterapia chinesa, as massagens, os exercícios respiratórios, o tai chi chuan e o qi gong, entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *