fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU

O que é

A programação neurolinguística (PNL), criada na década de 70, na Universidade da Califórnia (EUA), por Richard Bandler e John Grinder, utiliza a linguagem para produzir comportamentos no indivíduo que a pratica. Para a PNL, todas as pessoas são capazes de programar suas vontades e modificar comportamentos indesejados.
Espécie de mistura de teoria da comunicação com abordagem terapêutica, a PNL é marcadamente uma prática com ênfase na auto persuasão e auto-hipnose. Utilizada corretamente, ela pode ajudar a enfrentar fobias e deixar o indivíduo mais confiante.
Em alguns casos, porém, pessoas ligadas à PNL defendem que essa técnica possibilita que qualquer praticante atinja qualquer objetivo, até mesmo os mais improváveis. Em razão disso, parte das instituições e profissionais ligados à PNL foram muito criticados e a prática taxada de pseudociência por alguns pesquisadores.
Atualmente, a PNL é um negócio muito lucrativo e com uma variedade enorme de cursos de formação, programas de desenvolvimento pessoal, intervenções terapêuticas e educacionais. No entanto, a polêmica sobre a eficácia dessa prática permanece e não há uma base teórica científica crível para a programação neurolinguística. Não existe, nos dias de hoje, um consenso na área científica sobre o tema.

Aprofundamento

Tese da USP sobre PNL

http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27142/tde-01122006-173633/pt-br.php

Neuro-Linguistic Programming as a Pseudoscience

http://www.scientiareview.org/pdfs/327.pdf

Neuro-linguistic programming: its potential for learning and teaching in formal education http://www.leeds.ac.uk/educol/documents/00003319.htm

Mapping Transformative Learning: The Potential of Neuro-Linguistic Programming http://www.som.surrey.ac.uk/NLP/Resources/Toseyetal2005.pdf

Neuro-linguistic programming: cargo cult psychology? http://www.emeraldinsight.com/journals.htm?articleid=1905816&show=abstract

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *