fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU

O que é

A definição de psicodrama diz respeito a uma ciência que busca a “verdade” fazendo uso de métodos dramáticos. O termo psicodrama faz referências não só a uma abordagem psicoterápica, mas a uma técnica cujos ramos percorrem a sociologia, as artes, a pedagogia, ética, recreação e outras áreas das humanidades.
De acordo com seu fundador, Jacob Levy Moreno, o psicodrama pode ser definido como “a ciência que explora a verdade por métodos dramáticos”. A proposta dessa abordagem consiste em desempenhar papeis pela dramatização, tendo o teatro como base inspiradora. A partir de um tema ou de personagens imaginados, os atores espontâneos emergem da plateia e escrevem a peça, conforme a encenam. As representações dramáticas, improvisadas, possibilitam mudanças comportamentais, o que abre caminho para o trabalho na direção psicoterápica. A técnica emprega o jogo dramático para examinar problemas ou questões individualmente.
A abordagem busca desenvolver a espontaneidade levando ao fortalecimento da flexibilidade mental em prol das responsabilidades, liberando ainda os aspectos criativos possivelmente reprimidos. É um processo de ação e interação, cujo núcleo é a dramatização, fazendo com que o corpo se expresse e interaja com os outros corpos. Utilizando métodos experimentais tais como sociometria, role playing e dinâmicas de grupo, o psicodrama facilita insights, crescimento pessoal, integração cognitiva. Como resultados, os vínculos podem ser ampliados, assim como a criatividade. Além disso, é possível observar melhorias na saúde, transformações de atitude, mais sofisticação na percepção dos fenômenos e no desenvolvimento adequado de papeis.
O psicodrama, de uma forma simples, é baseado no jogo de faz de conta espontaneamente surgido no ser humano, que consiste na capacidade de realizar ações simbólicas. Dessa forma, é possível vivenciar emoções, fantasias sonhos ou até mesmo episódios bem próximos da realidade. A técnica se desenvolve no presente e faz uso não só da linguagem verbal, mas inclui a corporal e a interação de um corpo com outros corpos. Em contextos psicoterápicos, os pacientes encenam situações marcantes de suas vidas, ao invés de falarem sobre elas, fazendo com que conteúdos não expressos e fantasias possam emergir. Apesar de ser muito utilizado em grupo, pode ser uma técnica individual.
O psicodrama é, portanto, uma terapia de grupo na qual os pacientes improvisam cenas dramáticas que serão analisadas em conjunto. Essa prática auxilia a produzir maior equilíbrio mental e ajuda a esclarecer questões. Ela também melhora a capacidade de aprendizagem e ajuda o indivíduo desenvolver novas habilidades.
Esse método pode ser utilizado por alguém que queira experimentar a espontaneidade de trabalhar com dramatização. É capaz de incrementar a capacidade de expressão de cada pessoa.
No âmbito da psiquiatria, o psicodrama pode auxiliar no tratamento de transtornos afetivos, fobias, estresse pós-traumático, transtornos alimentares, automutilação, alcoolismo e abuso de substâncias tóxicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *