fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU
HOME » Saúde » Terapia Integrativa » Cromoterapia

Saúde

Cromoterapia: entenda o significado das cores

Dentro da cromoterapia, também são utilizadas as cores dos sete principais chacras, importantes para manter o equilíbrio do corpo e da mente
Da redação
17/05/19

Já reparou como as cores têm poder de mudar um ambiente? Há pessoas que preferem ter a casa em tons claros, pelo simples fato de se sentirem melhor, e, na maioria das vezes, não sabem o porquê. O fato é que as cores têm sim influência e podem, inclusive, equilibrar a saúde física e mental. E esse é o papel da cromoterapia.

A cromoterapia é uma terapia complementar (também chamada de alternativa) que trabalha com as cores. O método acredita cada tom pode influenciar no dia a dia e na personalidade de qualquer pessoa. Para isso, utiliza a ação energética de cada cor. O intuito é proporcionar ao individuo alívio de problemas comuns e gerar uma grande sensação de bem-estar.

Os estímulos utilizados na técnica possuem frequências luminosas, elas podem ser aplicadas como acessórios como o bastão. Essas frequências ajudam a manter, alternar ou restaurar as vibrações geradas no corpo. Quando uma cor está em falta ou muito acima do que deveria estar, gera um desequilíbrio, o que acaba gerando os problemas mentais, físicos e emocionais.

Assim como na homeopatia e aromaterapia, a cromoterapia trabalha no individual de todo ser humano. Para isso, o profissional da área analisa detalhes da vida da pessoa, tanto físicos quanto emocionais, para depois dar um diagnostico e começar o tratamento. A ideia é curar o paciente e fazer com que todos os pensamentos de negatividade saiam da mente do indivíduo.

Muitas pessoas não sabem, mas grande parte das doenças físicas tem origem emocional. E como se livrar daquilo que não é possível tocar? É aí que entra a cromoterapia. Ela busca a causa e não trata apenas os sintomas. Realmente faz com que a pessoa seja liberta de tudo o que a prende.

Cromoterapia e os chacras

Os chacras são centros de energia distribuídos por todo o corpo, eles são responsáveis por todo o fluxo energético. Quando ativados, são capazes de manter o equilíbrio em todas as áreas do corpo, entre elas física, espiritual, sexual e emocional. O ser humano possui centenas desses pontos, porém só sete são vistos como principais.

Dentro da cromoterapia, também são utilizadas as cores dos sete principais chacras. Confira abaixo.

Muladhara, o chacra básico

O muladhara é conhecido pela cor vermelha. Ele fica localizado na base da espinha dorsal e é responsável pela região dos órgãos reprodutores, além das pernas e da pélvis.

Swadhisthana, o chacra sacro

O swadhisthana é o chacra do sacro e corresponde a cor laranja. Esse chacra está na região do umbigo e trabalha no poder pessoal, nas ideais e nas ações de cada ser humano. Está ligado ao sistema reprodutivo.

Manipura, o chacra do plexo solar

O chacra do plexo solar está na região do diafragma. O manipura tem a cor amarela e é responsável pela personalidade de cada indivíduo, as vontades, o ego.  

Anahata, o chacra cardíaco

O chacra cardíaco corresponde a cor verde e está na região central, do coração. Dentre todos os chacras, ele é um dos mais poderosos, pois tem a capacidade de unir tanto o lado físico quanto o espiritual, proporcionando harmonia em um todo.

cromoterapia

 Vishuddha, o chacra laríngeo

O vishuddha corresponde a cor azul e está localizado na região da garganta ou do pescoço. Ele é responsável pelas expressões de cada pessoa.

 Ajna, o chacra frontal

Também conhecido como terceiro olho, o ajna é representado pela cor índigo. Esse chacra é responsável pela mente e intuição do ser humano e está na região das sobrancelhas.

 Sahasrara, o chacra coronário

O sahasrara corresponde a cor violeta e está na região do topo da cabeça. Ele é chacra mais importante, pois é o que faz a ligação entre todos os outros. Além disso, também liga o ser humano com o universo e o divino.  

Pessoas que ativam os chacras por meio da yoga, por exemplo, podem utilizar a cor da roupa que corresponde a cada chacra.

As cores na cromoterapia

O uso das cores na cromoterapia ajuda a equilibrar os chacras e, assim, garantir mais qualidade de vida. Ao manter o equilíbrio nesses centros energéticos, é possível contar com inúmeros benefícios, entre eles:

- melhora do sono (bom para insônia)

- alívio de estresse e ansiedade

- alívio de tensão

- alívio de dores no corpo, inclusive as de cabeça

- melhora da circulação sanguínea

Além disso, a cromoterapia auxilia no tratamento de doenças (ou problemas) como depressão, bronquite, problemas digestivos, asma, dor de garganta e falta de apetite.

Significado na cromoterapia

Confira, a seguir, o significado de algumas cores utilizadas na cromoterapia.

Vermelho: é intenso, excitante, estimulante. Ajuda a estimular a circulação sanguínea e ajuda a desenvolver mais confiança, força de vontade e revigora. É uma boa opção para aliviar o cansaço excessivo e doenças como a depressão. É uma cor quente.

Laranja: é uma cor quente, alegre. Também ajuda no alívio dos sintomas da depressão. Aumenta o tônus sexual, é estimulante.

Azul: é uma cor fria. O azul ajuda a acalmar o sistema nervoso, traz paz e deixa a mente tranquila. É bom para gerar mais paciência e é ótimo para melhorar a qualidade do sono, além de aliviar os sintomas do estresse.

Gostou dessas informações? No curso Vinyasa yoga e os chacras, a professora Kathy Lobos trabalha com o conceito de cores, o que ajuda a manter o equilíbrio entre o corpo e a mente e a gerar mais qualidade de vida.


Recomendados
Saúde

Yoga massagem ayurvédica: saiba por que fazer

Conheça a yoga massagem ayurvédica e o método K...

Saúde

Mergulho nas camadas do corpo

Em entrevista exclusiva ao Portal Namu, o espec...

Saúde

Reiki para pacientes de um hospital

Os desafios de Plínio Cutait, coordenador do Nú...

Saúde

Relaxe na água com watsu

Terapia corporal ajuda a diminuir o estresse, r...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *