fbpx
Logo portal NAMU
HOME » Saúde » Gerais »

Saúde

Pressão alta: veja os exercícios de pilates indicados para hipertensos

Método promove o aumento do fluxo sanguíneo nos vasos, diminuindo o esforço do miocárdio e o estresse cardíaco
Da redação
15/03/20

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a hipertensão é uma condição clínica que afeta mais de um bilhão de pessoas ao redor de todo o mundo. Conhecida como pressão alta, ela é caracterizada por níveis elevados de pressão sanguínea nas artérias.

Mas como isso se reflete na saúde? Afetando diretamente a saúde do coração e aumentando o risco de inúmeras doenças, a hipertensão é um caso sério! É claro que manter hábitos de vida e alimentação saudável são ideais para evitar esse risco, mas não é apenas isso!

Hoje, já se sabe que o pilates é uma das alternativas mais benéficas para a pressão alta. Por isso, se você sofre com a hipertensão, separamos os principais benefícios dessa prática para combater a doença!

perigos da pressão alta

Pilates: o que é e como surgiu

Primeiramente, é importante entender o que é realmente o pilates. Criado na década de 1920 por Joseph Pilates, trata-se de um conjunto de exercícios voltados para a conexão entre corpo e mente.

Sofrendo com a asma, raquitismo e febre reumática desde a infância, Pilates foi autodidata sobre medicina tradicional chinesa, técnicas de respiração e anatomia. Sendo assim, ele estudou e praticou diversos esportes e atividade físicas que vieram a influenciar diretamente as técnicas do pilates.

Em princípio, o método foi criado para combater uma série de condições físicas, como problemas de postura e lesões em articulações e músculos. Porém, ao longo dos anos, a técnica foi aperfeiçoada para trabalhar outros aspectos, como ansiedade e estresse, além do combate e prevenção a uma série de doenças, como pressão alta, problemas respiratórios e degenerativos.

Atualmente, o pilates é praticado por milhões de pessoas ao redor do mundo em busca da saúde física e mental. Há ainda outra vantagem importante: é uma prática adaptável. Graças a isso, o método pode ser realizado por pessoas de todas as idades!

Além disso, cabe ressaltar que os exercícios podem ser praticados com o auxílio de equipamentos ou apenas com o uso da força do próprio corpo. Para isso, são utilizados seis fundamentos durante a prática:

  • Concentração;
  • Respiração;
  • Centralização;
  • Controle;
  • Fluidez;
  • Precisão.

Pressão alta e Pilates: qual o benefício?

Para pacientes com pressão alta, o pilates pode ser um grande aliado para a melhora da saúde e da qualidade de vida. Isso acontece porque a técnica promove o aumento do fluxo sanguíneo nos vasos, diminuindo o esforço do miocárdio e o estresse cardíaco.

Além disso, é importante salientar que muitos exercícios do pilates são realizados em posições inclinadas ou deitadas. Dessa forma, permite-se a movimentação física sem exigir esforço excessivo do coração.

Já para garantir a segurança durante a prática, alguns cuidados são importantes, principalmente para quem sofre de pressão alta:

  • Evitar posições que forcem o coração;
  • Estar devidamente medicado;
  • Não exercer esforço excessivo;
  • Exigir o acompanhamento constante de um profissional;
  • Buscar a indicação médica para receber a liberação para a prática.

Especialmente no caso de pacientes com pressão alta, nenhuma atividade física deve ser realizada sem a aprovação de um profissional qualificado. Esse cuidado é fundamental para evitar acidentes cardiovasculares considerados graves.

3 exercícios de pilates para quem tem pressão alta

Felizmente, há centenas de exercícios seguros e adaptáveis dentro da prática do pilates. Para pacientes com pressão alta, as atividades podem ser executadas para auxiliar a melhora do fluxo sanguíneo e evitar o esforço excessivo do coração.

Veja a seguir alguns exercícios especialmente benéficos para hipertensos:

Stretches Front

No aparelho Barrel, o praticante deve ficar de pé com os braços esticados em frente ao corpo. Logo, deve-se esticar uma das pernas sobre o aparelho e flexionar a coluna sobre a perna até tocar os pés.

Após, retorna-se à posição inicial. O Stretches Front trabalha a flexibilidade e alonga o músculo isquiotibial.

Squat

No pilates, o Squat é semelhante ao agachamento do funcional. Ele consiste basicamente em realizar o movimento de sentar e levantar, flexionando os joelhos a um ângulo de 90 graus. Esse exercício é indicado para quem tem pressão alta, pois trabalha a força dos quadríceps, glúteos e isquiotibiais.

A grande diferença é que no Pilates o exercício pode ser realizado na Chair. Nele, o praticante deve sentar-se sobre os pedais do equipamento, de costas para o aparelho. Os joelhos devem ficar flexionados e os braços estendidos em frente ao corpo.

Forçando o equilíbrio e estabilidade com as pernas, o praticante realiza o movimento do agachamento forçando o pedal para baixo, seguido pelo retorno à posição inicial.

Spine Stretch

No aparelho Reformer o praticante deve sentar-se com os joelhos estendidos e segurar as alças de mão com os braços estendidos sobre a cabeça. Em seguida, ele deve flexionar a coluna para a frente, levando as mãos até os pés.

Além de atuar na flexibilidade, o exercício também trabalha os músculos dos braços, peitoral e ombros. Ainda, o Spine Stretch tem como foco principal o alongamento da coluna vertebral.

Pilates para iniciantes: conheça o curso online do NAMU

Para quem convive com a pressão alta e deseja iniciar no pilates já pode fazer isso online na plataforma NAMU! O curso Pilates para iniciantes: emagreça e melhore sua postura elaborado pela professora Sheila Dionísio, por exemplo, combina os benefícios do pilates com o ensino à distância, em aulas didáticas e seguras.

O curso é indicado para quem deseja emagrecer, fortalecer os músculos e/ou melhorar a postura. Um dos pontos interessantes é que não é necessário ter conhecimento prévio sobre o pilates para realizar o curso. Contudo, gestantes, cardiopatas e pessoas com patologias osteomioarticulares devem consultar um médico antes de iniciar a prática.

Além de promover o desenvolvimento muscular, as aulas também possuem a finalidade de melhorar a disposição e aumentar a capacidade de concentração do praticante. Dessa forma, o curso é voltado para a melhora geral da qualidade de vida dos alunos.

O NAMU possui ainda outros cursos online de pilates que podem ser indicados tanto para pressão alta quanto para outras condições. Além disso, no Portal NAMU você encontra uma série de informações sobre bem-estar, qualidade de vida e outros temas que podem melhorar o seu dia a dia! Acesse e confira todo conteúdo para saber mais!


Recomendados
Saúde

Conheça 7 alimentos que ajudam na TPM

Ela tem data certa para aparecer e todo mês ela...

Saúde

Os 4 principais motivos que levam ao estresse no home office

Que o home office já é uma realidade para muita...