fbpx
Logo portal NAMU
HOME » Saúde » Gerais » Saúde Mental

Saúde

Os 4 principais motivos que levam ao estresse no home office

Que o home office já é uma realidade para muitas pessoas, não há dúvida alguma. Ele representa a revolução que a era digital trouxe para os formatos de trabalho, oferecendo a possibilidade de prestar serviços em qualquer lugar do mundo. Porém, não são somente os empresários que estão de olho nesse novo mercado. Segundo uma […]
Equipe Namu
05/03/21
Que o home office já é uma realidade para muitas pessoas, não há dúvida alguma. Ele representa a revolução que a era digital trouxe para os formatos de trabalho, oferecendo a possibilidade de prestar serviços em qualquer lugar do mundo. Porém, não são somente os empresários que estão de olho nesse novo mercado. Segundo uma pesquisa publicada na Forbes, 52% dos profissionais estão dispostos a trocar de emprego caso recebam uma proposta de home office. Afinal, trabalhar sem sair de casa e sem se preocupar com locomoção é o verdadeiro sonho de muitas pessoas.  Porém, é preciso dizer que trabalhar em casa também não é lá essas mil maravilhas. Nessa modalidade de trabalho muitas vezes o estresse aumenta, seja por desorganização, aumento de demanda ou pelo isolamento imposto pela modalidade de trabalho.  Sabendo disso, neste artigo trouxemos os principais motivos que geram estresse no home office, bem como algumas dicas para aliviar esse sintoma. Assim, você vai conseguir trabalhar da forma que precisa, mas mantendo a sua saúde mental sempre em dia. Confira mais abaixo! 

Falta de atividade física

Não é segredo que as atividades físicas são muito importantes para manter a saúde física e psicológica em dia. Afinal, elas cuidam do condicionamento físico, diminuem dores musculares e ainda liberam hormônios responsáveis pela sensação de felicidade.  Nesse sentido, muitas vezes o home office tem se tornado um vilão dos exercícios. Dada a necessidade de ficar sentado em frente ao computador o dia todo, você pode estar se esquecendo de se alongar e movimentar o corpo. Além disso, a falta daquela caminhada até o ponto de ônibus ou pelos corredores da empresa pode estar pesando no organismo.  Por esse motivo, uma boa dica é fazer uso de um app que auxilie na realização dos exercícios em casa. Desse modo, você pode trabalhar de dia, por exemplo, e fazer os exercícios à noite (ou vice e versa). E sem abrir mão das obrigações do trabalho e da sua saúde. 

Excesso de trabalho 

Quando falamos em home office, muitas pessoas automaticamente associam esse formato a uma vida mais fácil. A ideia de trabalhar em casa, sentado em um confortável sofá ou deitado em uma cama pode até parecer atrativa, mas de longe ela é verdadeira. Pelo contrário! De acordo com uma pesquisa publicada na Você RH, cerca de 70% dos profissionais consideram que produzem mais em casa do que quando estão na empresa. Contudo, 74% dos profissionais entrevistados relataram que a quantidade de tarefas para serem realizadas no mesmo intervalo de tempo aumenta consideravelmente com o trabalho remoto.  Esse fator sem dúvida alguma é um grande gerador de estresse. A obrigação de cumprir com todas as demandas e sem contar com o apoio presencial imediato da gestão pode gerar uma grande pressão psicológica, o que em alguns casos resulta até mesmo em problemas mais graves, como síndrome de ansiedade.  Por esse motivo, caso você tenha se percebido nesse contexto, vale conversar com seu líder e solicitar a diminuição da demanda. Com isso, você conseguirá produzir mais e melhor, sem o estresse e a obrigação de entregar tudo no mesmo dia.

Falta de tempo para cuidar da alimentação

Outro motivo que tem levado vários colaboradores ao estresse no período de trabalho remoto é a mudança na rotina alimentar. Afinal de contas, quando trabalhamos fora, podemos contar com o benefício do vale-refeição ou do refeitório oferecido pela empresa. E isso, em alguns casos, é a garantia de refeições mais equilibradas e nutritivas.  Já se tratando do home office a situação fica bem diferente. Afinal, por estar trabalhando em casa é preciso encontrar tempo para cuidar da própria alimentação. Porém, seja pela sobrecarga de trabalho ou pela falta de habilidade na cozinha, muitas vezes esse cuidado com a saúde pode acabar ficando um pouco de lado.  Quando isso acontece, não tem outra: o corpo começa a sofrer com a falta de vitaminas, o estresse chega e as dores no corpo também. Sendo assim, é preciso ter bastante atenção com a alimentação, pois ela afeta diretamente o bem-estar e a energia para enfrentar as tarefas do dia a dia.  Para aprender receitas práticas, rápidas e nutritivas, uma boa dica é contar com a ajuda de um aplicativo. Dessa forma você consegue encontrar diversas sugestões do que comer durante a rotina, sem abrir mão da sua saúde e do sabor das suas refeições.

Mudança de horários 

Por fim, temos ainda um motivo que sem dúvida alguma contribui para gerar estresse e ansiedade ao trabalhar em casa: a mudança de horários. Isso porque no trabalho remoto, muitos empregadores ajustam os horários dos funcionários de acordo com as novas perspectivas do mercado.  Assim, em alguns casos, algumas empresas optam por iniciar o expediente mais cedo, enquanto outras, mais tarde. Além disso, muitas mudam os horários das pausas dos seus colaboradores para lanches e almoço. E toda essa mudança acaba dificultando organizar a vida profissional e a pessoal.  Quem tem crianças em casa, por exemplo, precisa tentar conciliar a nova rotina com a rotina dos pequenos. Resultado? Profissionais cansados, estressados, ansiosos e principalmente sobrecarregados. Como você pode perceber, o estresse é um problema que afeta diariamente muitas pessoas, principalmente aquelas que trabalham em home office. Sendo assim, é preciso buscar meios para aliviar os seus sintomas para viver o dia a dia com mais qualidade.  Para te ajudar com essa tarefa, nós recomendamos o uso do super app Namu. Ele reúne vários conteúdos para você cuidar da sua saúde de maneira prática e eficiente.  São mais de 240 aulas de atividades físicas como yoga, pilates e ginástica laboral, além de mais de 150 meditações guiadas para relaxar e buscar o autoconhecimento. Ainda, você tem acesso a mais de 980 receitas de dietas diversas, para cuidar do corpo, da mente e da alimentação em conjunto. Gostou? Então conheça o super app Namu e enfrente os desafios impostos pelo home office com muito mais disposição e energia!

Recomendados
Saúde

Conheça 7 alimentos que ajudam na TPM

Ela tem data certa para aparecer e todo mês ela...

Saúde

Mudar hábitos: como saber quando é hora de começar?

Falar sobre mudar hábitos não é apenas uma “con...