fbpx
Logo portal NAMU
HOME » Sustentabilidade » Cidades » Gerais

Gerais

Praça da nascente: o caminho das águas

A revitalização da Praça da Nascente recuperou uma área degradada em São Paulo e despertou a cobiça do setor imobiliário
Bruno Torres
27/09/19

Foco de violência, assaltos e um problema para as pessoas que viviam na área. Um local escuro, sujo e malcuidado. Assim era a Praça Homero Silva, no bairro paulistano da Pompéia. Foi nesse exato ponto da cidade que uma iniciativa do coletivo Ocupe & Abrace, formado por moradores cansados do descaso do poder público com a praça, decidiu resolver a situação de uma vez por todas. Nascia assim a Praça da Nascente.

Tudo começou há pouco mais de dois anos. Hoje, a Praça Homero Silva é um lugar renovado, cheio de gente, palco de shows, atividades socioculturais e local de reunião de amigos. Esse processo de revitalização feito pelo grupo de moradores não só melhorou a segurança, eles também criaram espaços de lazer e passaram a proteger a biodiversidade da metrópole. Para começar, a praça foi totalmente limpa. Depois, foi criado uma área de preservação das nascentes do Corrégo Água Preta, aquele que passa debaixo da Sesc Pompéia e que inunda a região da rua Turiaçu toda chuva mais forte. Hoje, a água da nascente é utilizada para manter ativo um lago com peixes. Se todas as nascentes da cidade tivessem um tratamento semelhante, a população sofreria bem menos com as terríveis e constantes enchentes.

A valorização das vias hídricas também atua como um alerta de que em São Paulo tem muita água embaixo do asfalto. Esse recurso poderia, se cuidado, ser utilizado nesse momento de escassez. A região Sudeste enfrenta a pior crise de água dos últimos 80 anos. Ainda que de modo dramático, o problema ensina que é preciso repensar a utilização e preservação de nossas áreas verdes e das águas, as quais estão sendo tratadas com descaso pela população e, principalmente, pelo poder público. Recuperar nascentes é o caminho para uma cidade mais sustentável.

Depois de todo esse esforço de reconquistar a área e a biodiversidade, agora surgiu um novo adversário. O grupo de moradores teme a cobiça de construtoras como a Trisul, que quer erguer prédios no entorno da praça. Antes, o local não era procurado pelo mercado imobiliário, porém, com a renovação e a recuperação, a área se valorizou e o novo problema surgiu. Uma obra de grande porte, além de prejudicar a infiltração de luz solar na área verde, pode danificar seriamente o fluxo de água que caracteriza a área de nascente do Corrégo Água Preta.

Segundo o corretor de imóveis Josemar Carvalho, que negocia a venda da casa entre os proprietários e a Trisul, a construtura ainda não comprou o terreno, mas ela não é a única empresa interessada."Os proprietários querem vender a casa. Eles têm direito de morar numa rua mais tranquila e sair da Avenida Pompéia", defende Carvalho. O corretor ainda afirmou que há um laudo indicando que as águas dessa área não seriam de nascentes. No entanto, o mapa do Córrego Água Preta evidencia que o riacho nasce naquela região.

Classificar ou não essa área como de nascentes significa impedir, segundo o código florestal, a construção de edifícios em um raio de 50 metros do local. O abaixo-assinado feito pelo grupo solicitando a investigação das obras na região de nascentes já foi encaminhado ao Ministério Público do Meio Ambiente do Estado de São Paulo e está sendo acompanhado de perto.

A luta pela manutenção e utilização das nascentes em São Paulo não para por aí. O coletivo Nascentes SP, uma iniciativa em apoio à Aliança pela Água SP, organizou um mutirão de limpeza e restauração da nascente do Rio Iquiririm, na região do Butantã, zona oeste de São Paulo. A ideia da ação é ampliar a participação dos cidadãos no cuidado com as fontes de água. Para isso, o grupo tem uma parceria do coletivo Rios Invisíveis e apoio técnico da Odebrecht Ambiental para análises de qualidade da água. Veja como foi o mutirão inaugural:


Saiba mais sobre a crise hídrica de São Paulo:
Entenda a crise do Sistema Cantareira
Dados dos mananciais de São Paulo


Recomendados
Poluição

Tipos de poluição: como o excesso de estímulos prejudica a saúde

Os diversos tipos de poluição das grandes cidad...

Gerais

A grande vitrine dos produtos naturais

Feiras apresentam novidades da agroecologia, or...