Pessoas que fizeram voto de castidade podem participar de terapias bioenergéticas?

Apesar de levar em consideração a sexualidade humana, este não é o único aspecto abordado na terapia bioenergética. Além disso, vale ressaltar que a importância atribuída ao orgasmo, por Wilhelm Reich, não se refere apenas ao orgasmo sexual, mas a um reflexo do movimento pélvico que consiste em uma descarga energética sexual, abrindo caminho para a resposta orgástica ao sexo. Para Reich, essa resposta consistia em critério de saúde emocional, mas Lowen considerava outros aspectos, tais como a respiração, o movimento e o sentimento. Como objetivo do processo, a bioenergética visa ajudar o indivíduo a entrar em contato novamente com sua natureza primária, que diz respeito à liberdade (em todos os sentidos), ao estado de graça (ou alegria), referente à expressão do fluir dos movimentos, e a sua qualidade de ser belo, que é a manifestação da harmonia interna resultante desse fluxo. Portanto, a relação com a atividade sexual, incluindo a abstinência, será possivelmente abordada dentro da terapia bioenergética de forma a permitir que o indivíduo olhe para os processos corporais, ativos ou não, como um todo, a fim de se compreender melhor. Possivelmente, pessoas que tenham feito voto de castidade podem encontrar certa dificuldade para falar de possíveis desejos sexuais reprimidos; caso contrário, esse e outros assuntos podem ser abordados sem problemas. A não ser que haja alguma restrição por parte do indivíduo, como pode haver diante de qualquer abordagem psicoterápica, a Bioenergética não limita seu público-alvo.