Atualidade

A procura por cirurgias plásticas cosméticas ou estéticas cresceu muito nas últimas décadas. O Brasil é o segundo país no mundo a realizar cirurgia plástica, sendo a lipoescultura a intervenção mais procurada. Apenas os Estados Unidos têm um número maior de cirurgias plásticas do que o Brasil.

Em território nacional, o maior problema do setor é a crescente quantidade de procedimentos desse tipo feitos por médicos ou pessoas não gabaritadas. Nos últimos anos, foram vários os casos de médicos indiciados por lesão corporal gravíssima em razão de complicações ocorridas após cirurgias plásticas. Também não foram poucos aqueles profissionais da área de saúde que acabaram obrigados a indenizar pacientes mutilados durante cirurgias plásticas.

Outro procedimento rodeado por casos de complicações são as lipoaspirações feitas em clínicas não preparadas para a solução de possíveis problemas durante o procedimento.

Em 2004, segundo a Sociedade Americana dos Cirurgiões Plásticos, de 400 mil cirurgias plásticas feitas nos Estados Unidos, 0,34% apresentaram sérias complicações. Esse número corresponde a um caso grave a cada 298 operações. Do total de cirurgias, ocorreu um óbito para cada 51.459 tratamentos.

Para pensar

Qual a relação entre autocuidado, beleza exterior e saúde nos tempos modernos?

A beleza é referenciada através dos tempos. A busca pelo corpo perfeito é uma dura tarefa, exige dedicação, cuidado e disciplina. Vivemos num país onde a mídia e a publicidade ditam regras rígidas, ...

VEJA MAIS

Possibilidades

veja mais sobre o tema