Histórico

Contexto da Revolução Francesa: Hegel, assim como outros filósofos de sua época, como Friedrich Schiller (1759-1805), Johann Gottfried Von Herder (1744-1803), Gotthold Ephraim Lessing (1729-1781) e Immanuel Kant (1724-1804), era um entusiasta liberal defensor da Revolução Francesa. Isso está presente em suas ideias sobre a liberdade e emancipação da consciência humana.

Idealismo absoluto: Após a filosofia kantiana inaugurar o idealismo transcendental, houve muita disputa no debate filosófico alemão. No início do século 19, três filósofos canalizaram o debate sobre a questão do absoluto ou da filosofia como um absoluto: Johann Fichte (1762-1814), Georg Wilhelm Hegel (1743-1819) e Friedrich Wilhelm Joseph Schelling (1775-1854).

Herdeiros do hegelianismo: Após grande sucesso na Alemanha das obras de Hegel, havia duas escolas bem demarcadas por volta dos anos 1820 e 1830: os velhos hegelianos, ou hegelianos de direita, que se encontravam mais próximos da oficialidade do Estado da Prússia, e os jovens hegelianos, ou hegelianos de esquerda, mais radicais em suas concepções sobre a política, a história e a arte.

Karl Marx: O autor de O Capital foi profundamente influenciado pela dialética de Hegel.

Para pensar

Quais os cuidados especiais para estabelecer críticas à filosofia de Hegel?

Um problema comum é a contraposição da filosofia hegeliana às outras filosofias. Há uma dificuldade inata nessa tarefa, porque a filosofia de Hegel possui um discurso próprio, que dificulta toda int...

VEJA MAIS

Possibilidades

veja mais sobre o tema