fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU

O que é

O Brasil é um país extenso. Seus 8,5 milhões de km² reúnem condições que permitem o desenvolvimento de diferentes ambientes naturais.
Para melhor compreender a amplitude da cobertura vegetal brasileira, utilizaremos o conceito de bioma, unidade biótica que engloba fauna, flora, clima, geomorfologia e é denominada conforme a vegetação principal. No Brasil há seis biomas: Amazônia, Cerrado, Pantanal, Caatinga, Mata Atlântica e Pampas.
A Amazônia e o maior deles, com 49% do território nacional. De clima úmido e com média de temperatura de 25 ºC, tem chuvas torrenciais durante todo ano. Estima-se que abrigue mais da metade de todas as espécies vivas do Brasil. Possui 6% dos mamíferos e 4% de todos os répteis do mundo. Um quinto da água doce que chega aos oceanos no planeta vem da Amazônia, área que abrange todos os estados da região Norte e o Maranhão. Apesar de sua importância, tem sofrido intenso desmatamento nas últimas décadas em virtude da expansão das plantações de soja e da pecuária de corte.
Com 22% do espaço nacional, o Cerrado é o segundo maior bioma brasileiro. Possui clima tropical quente e úmido. As chuvas nessa área são esparsas. O cerrado cobre quase todo estado de Goiás e Tocantins, além de metade do Maranhão, Minas Gerais e Mato Grosso. É caracterizado pela vegetação resistente e dispersa. Possui alta densidade de nascentes de rios e variada fauna e flora. Sofre atualmente com o desmatamento para plantio e pecuária extensiva.
Grandes áreas alagadas, com períodos lentos de cheias e vazantes, temperatura média de 25 °C e rios tortuosos. Essas são as características do Pantanal, região que cobre 25% do Mato Grosso do Sul, 7% do Mato Grosso e pequenas partes da Bolívia e Paraguai. Reúne representantes de quase toda a fauna brasileira e é roteiro bastante procurado para pesca esportiva e ecoturismo.
Bioma símbolo da região Nordeste, a Caatinga, que em tupi significa “mata branca”, possui vegetação seca e espinhosa em razão do clima árido. Alcança todo o estado do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco, além de partes do Piauí, Bahia,
Sergipe, Alagoas e Maranhão, o que equivale a 11% do território nacional.
A Mata Atlântica, um dos biomas mais importantes do Brasil, ocupa uma faixa costeira que vai do Pernambuco até o Rio Grande do Sul e a maior parte dos estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Foi ponto inicial da colonização e, ainda hoje, 70% da população brasileira vive em cidades a até 200 km do litoral. Tem vegetação densa, com clima úmido e rica biodiversidade. Em razão da histórica presença humana e degradação, restam apenas 7% da cobertura original.
Diferentemente dos sistemas florestados, os Pampas são longas áreas planas, com clima chuvoso e sujeitas a frentes frias vindas da Antártica. A pecuária é a atividade econômica principal da região. No Brasil, ocupa 63% do Rio Grande do Sul e estende-se à Argentina e Uruguai.

Aprofundamento

Ministério do Meio Ambiente Biomas brasileiros http://www.brasil.gov.br/meio-ambiente/2009/10/biomas-brasileiros

Mapa de cobertura vegetal http://www.mma.gov.br/estruturas/sbf_chm_rbbio/_arquivos/mapas_cobertura_vegetal.pdf

Biomas brasileiros http://www.biomasdobrasil.com/IBGE

Mapa de Biomas e Vegetação http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/21052004biomashtml.shtm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *