fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU
HOME » Alimentação » Emagrecer » Gerais

Emagrecer

Chá verde emagrece? Saiba como preparar

Consumo de três xícaras diárias de chá-verde aumenta levemente o gasto de energia do corpo, mas não faz milagres. Confira os benefícios proporcionados pela bebida
Da redação
09/11/19

Bebida tipicamente oriental, o chá-verde tornou-se popular no Brasil devido às características antioxidantes e emagrecedoras atribuídas a ele. Preparado a partir da infusão das folhas da erva Camellia sinensis, ele é considerado um alimento funcional e que oferece vários benefícios à saúde.

Quer saber quais são? Então acompanhe o artigo a seguir.

Chá-verde: o que é e por que é mais saudável?

Reza a lenda que a origem do chá-verde se deu com o imperador chinês Shen Nung, mais conhecido como “o Imperador Vermelho”. Ele tinha por hábito tomar água fervida, pois acreditava que com isso teria mais saúde e longevidade.

Porém, um belo dia, enquanto preparava sua “bebida milagrosa” algumas folhas da planta Camellia sinensis voaram e caíram em sua água. O Imperador resolveu então experimentar a mistura e se agradou do sabor da bebida, batizando-a de "bebida dos céus". E embora ele tenha gostado do paladar da bebida, cabe ressaltar que ela tem um gosto relativamente amargo.

O Chá-verde é considerado mais saudável quando comparado a outros chás porque após cultivadas, suas folhas passam por um processo de vaporização. Somente depois são secas, o que contribui para a preservação dos seus nutrientes.

O chá-verde é considerado um “alimento funcional”, ou seja, que apresenta um composto bioativo capaz de trazer benefícios à saúde. Porém, isso caso seja incorporado à dieta habitual.

Estudos mostram que a bebida tem importante função antioxidante e auxilia na redução dos níveis de colesterol do sangue. Além disso, está associada à prevenção de diabetes tipo dois, câncer e doenças cardiovasculares.

Como preparar?

A especialista em chás Mônica Costa conta como preparar e servir corretamente a bebida. Quer aprender? Então anote o passo a passo da receita a seguir:

Materiais:

  • 1 bule;
  • Um infusor;
  • 1 colher dosadora.

Ingredientes:

  • 1 colher dosadora da erva por xícara;
  • Água quente (não fervida).

Modo de preparo:

  • Deixar 3 minutos em infusão;
  • Em seguida, retirar as folhas de dentro do bule e servir.

Confira também a receita em vídeo:

Para minimizar o gosto amargo do chá você pode acrescentar mel à bebida depois de pronta. Ainda, pode batê-lo no liquidificador com frutas como morango, maça e suco de limão, por exemplo.

Chá-verde emagrece?

O consumo do chá-verde tem aumentado no Brasil, tanto da infusão em si, quanto das versões industrializadas ou em cápsulas. Afinal de contas, ele tem sido associado ao seu possível papel na perda de peso.

Isso porque as folhas usadas no preparo do chá (oriundas da planta Camellia sinensis) possuem altas concentrações de cafeína e catequinas. Esses compostos são termogênicos, ou seja, capazes de estimular o sistema nervoso simpático e promover um aumento do gasto calórico diário.

Uma típica bebida de chá-verde, preparada na proporção de 1 g de folha para 100 ml de água fervida por três minutos, geralmente contém de 35 a 45 mg de catequinas e 6 mg de cafeína. Uma xícara pequena de café (60 ml) tem bem mais cafeína do que o chá: de 25 a 50 mg.

O estudo mais conhecido sobre o assunto comprovou o potencial do chá-verde em aumentar o gasto energético. A pesquisa foi feita com indivíduos que tomaram durante seis semanas três cápsulas diárias do extrato do chá, equivalentes ao conteúdo de cafeína e catequinas contido em três xícaras da bebida. Eles tiveram um aumento de 4% no gasto energético, considerado por muitos um aumento modesto.

chá verde emagrece?

Chá-verde não faz milagres

Estudos mais recentes, com amostras maiores de indivíduos acompanhados por mais tempo, indicam que o aumento no gasto de energia não contribui de forma significativa para a perda de peso nem para a mudança da composição corporal.

Muitos dos estudos foram feitos com extrato do chá em cápsulas, e não com a bebida em si. Uma pesquisa avaliou o efeito do extrato do chá-verde na prevenção em longo prazo do reganho de peso após dieta de baixa caloria. Os pesquisadores não encontraram diferenças entre o grupo que tomou o extrato e o que tomou placebo.

Os cientistas também sugeriram que o corpo pode se habituar aos efeitos da cafeína e do próprio chá. Ou seja, os compostos bioativos da bebida teriam seu efeito reduzido mediante consumo a longo prazo.

Em resumo, o chá-verde pode ser um coadjuvante em tratamentos para perda de peso. Porém, ele deve ser consumido dentro de uma alimentação equilibrada e associado à prática de atividades físicas. Mas, com certeza ele não é milagroso - e sozinho não emagrece ninguém.

Contraindicações

Em relação a possíveis danos à saúde causados pelo consumo frequente do chá-verde, estudos relatam casos de toxicidade hepática quando se consome os suplementos do chá, mas não infusão, propriamente dita.

Além disso, o consumo superior a 1 litro por dia não é indicado. Cabe ressaltar também que até mesmo versões industrializadas podem conter catequinas, que também exercem atividade no corpo humano.

Quer aprender mais receitas saborosas e saudáveis e assim garantir maior qualidade de vida? Então acesse o NAMU e conheça os cursos de gastronomia da plataforma. Online e em vídeo, você poderá aprender a preparar pratos a partir de ingredientes naturais e usá-los a favor da sua saúde!


Recomendados
Emagrecer

Para emagrecer não é preciso parar de comer, e sim, de criar desculpas

Falta de tempo e idade não são motivos para gan...

Emagrecer

O que é a dieta da proteína?

Especialistas falam sobre os riscos e benefício...

Emagrecer

Guia para emagrecer com saúde

Autora do livro Kilorias, Paola Machado, dá dic...

Emagrecer

Quantas calorias você consome por dia?

Rótulos podem camuflar informações sobre o valo...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *