fbpx
Procurar no site Namu
Logo portal NAMU
HOME » Alimentação » Orgânica » Gerais

Gerais

Conheça 4 perigos dos alimentos transgênicos

É preciso ficar atento às embalagens dos produtos que você comprar — alimentos transgênicos vêm descritos no rótulo com a letra T
Da redação
21/02/19

Os alimentos transgênicos são feitos em laboratório e modificados geneticamente, isso tudo para acelerar o processo da colheita até o comércio e gerar maiores lucros para os produtores. O problema é que, nessa manipulação, são usadas substâncias que podem causar riscos à saúde humana.

Para entender melhor esse assunto, preparamos esse post com 4 dos principais perigos de se levar alimentos transgênicos à mesa. Continue a leitura e confira.

1. Grande quantidade de agrotóxicos

No Brasil, grande parte dos comestíveis é de origem vegetal. Entre eles, destacam-se:

  • cereais, como o milho e seus subprodutos;
  • diversos tipos de grãos;
  • óleos de soja, milho e algodão.

Todas as plantações podem ser atacadas por insetos e ervas daninhas. Então, para evitar o prejuízo na safra, são injetadas substâncias que matam essas pragas — os agrotóxicos. Os alimentos transgênicos costumam ser modificados para serem mais resistentes a essas substâncias, o que permite aos produtores um uso ainda maior.

Como consequência, passamos a comer alimentos com altas doses de toxinas, que a longo prazo podem ocasionar graves problemas de saúde. Além disso, o meio ambiente e os outros seres vivos também são prejudicados, especialmente pela inclusão de produtos transgênicos na ração de animais e pela maior contaminação dos solos e rios, desequilibrando os ecossistemas.

2. Aumento das chances de alergias

Outro fator preocupante é a manipulação de um produto a partir de genes de outro alimento que provoca alergia aos consumidores. Se você for alérgico a castanhas, por exemplo, pode ter uma reação consumindo soja transgênica que tenha traços genéticos retirados de castanhas.

Nesses casos, muitas pessoas acabam por sofrer novas reações alérgicas sem saberem o real motivo. Portanto, é fundamental ficar atento às embalagens dos produtos que você comprar — normalmente, alimentos transgênicos vêm descritos no rótulo com a letra T.

alimentos transgênicos

3. Possibilidade de redução da fertilidade

Outro grande risco do consumo de alimentos geneticamente modificados é a possibilidade de se desenvolver infertilidade. Em estudos recentes, feitos por pesquisadores na Áustria, grupos de ratos foram alimentados por milhos transgênicos, enquanto outros pelo cereal natural. Ao término da pesquisa, chegou-se à conclusão de que houve mais casos de infertilidade no primeiro grupo de animais.

4. Acréscimo da resistência aos antibióticos

Sabemos que, em muitos casos de doenças, somente os antibióticos atuam com sucesso. Porém, ainda carece de atenção o aumento da resistência das bactérias a esses remédios que o consumo de transgênicos tem causado. E a explicação para isso está na própria forma com que os alimentos são manipulados em laboratórios.

Durante o processo de transformação, são inseridos genes que se destacam nos mantimentos. Esses componentes, muitas vezes, impedem a ação dos antibióticos no organismo humano. Assim, além de termos de ingerir doses maiores desses remédios, as bactérias tornam-se mais fortes a eles.

Enfim, como podemos ver, a substituição dos alimentos transgênicos pelos naturais só trará benefícios à saúde e ao meio ambiente. Mesmo que, para isso, você tenha que gastar um pouco mais, valerá a pena ter mais qualidade de vida.

Gostou da leitura? Agora que você já conheceu os principais perigos dos alimentos transgênicos, aproveite para conhecer também como manter uma boa alimentação vegana na gravidez.


Recomendados
Gerais

Alimentos naturais saudáveis na comida brasileira

Legumes, verduras e frutas são alimentos natura...

Gerais

Coloque mais cultura no seu prato

Devorado pela selva de pedra, o cambuci ressurg...

Gerais

A gastronomia que abraça os orgânicos

A alimentação viva e produtos orgânicos entram ...

Gerais

O prato servido nas escolas indígenas

Garantir alimentação saudável para as crianças ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *