fbpx
Logo portal NAMU
HOME » Corpo e Mente » Fitness » Gerais

Fitness

Como ter disciplina para treinar em casa?

Confira 10 dias eficazes que vão manter você muito mais motivado para se exercitar no conforto do seu lar. Descubra como treinar em casa!
Da redação
04/06/20
Sem dúvida, treinar em casa exige dedicação, esforço e muita força de vontade. Por isso, reunimos a seguir 10 dicas infalíveis para você praticar atividades físicas no conforto do seu lar com segurança e determinação. Continue lendo e saiba mais.

Por que treinar em casa?

Inegavelmente, ter uma rotina de exercícios faz bem para o corpo e para a mente. Praticá-la em seu próprio lar, então, é ainda mais benéfico. Acompanhe abaixo alguns dos pontos positivos de treinar em casa:
  • Economia de valor, não sendo necessário gastos com academia;
  • Mais privacidade durante os treinos;
  • Sem valores para transporte e locomoção;
  • Liberdade para treinar quando e onde quiser;
  • Maior flexibilidade de horários, podendo se exercitar também em dias mais corridos.

10 dicas para ter mais motivação para treinar em casa

Como você pode perceber, treinar em casa é um hábito que proporciona várias vantagens. No entanto, sabemos que não é fácil manter-se motivado quando se treina sozinho. Com base nisso, listamos a seguir 10 dicas simples e práticas para você que deseja se exercitar através de aulas online. Assim, será possível cuidar da saúde e mudar o seu corpo sem sair de casa. Confira.

1. Monte uma playlist animada para ouvir durante os exercícios

Dentre todos os fatores que ajudam a tornar as atividades físicas mais animadas, a música é o de maior destaque. Por meio dela você obtém aquele gás para executar exercícios mais pesados, se sente mais motivado e ainda melhora a capacidade de concentração. Sendo assim, monte uma playlist com suas músicas preferidas, incluindo aquelas que sempre te deixam mais animado. Assim, os momentos de exercício passarão rápido e se tornarão um verdadeiro alívio para o estresse do dia a dia. como treinar em casa

2. Utilize roupas específicas

Quando falamos em treinar em casa, é comum encontrarmos pessoas que realizam os exercícios com vestimentas inadequadas. Treinar de chinelo, roupas casuais e cabelo solto são apenas alguns erros cometidos. Porém, para ter um treino de qualidade é fundamental se preparar para isso. Vestir roupas confortáveis, calçar um bom tênis e ter por perto uma garrafinha com água são detalhes que não contribuem apenas para que você se sinta motivado, mas também para a sua segurança. E não se esqueça de investir em um colchonete para praticar os exercícios. Ele torna algumas atividades mais confortáveis e protege você de lesões. Caso não seja possível adquirir um no primeiro momento, pode ser utilizado o tapete de yoga, ou ainda, um cobertor.

3. Estabeleça pequenas metas

Treinar sem um objetivo específico faz com que você seja tentado a procrastinar. Sendo assim, crie pequenas metas para você mesmo, as quais sejam alcançáveis e combinem com o seu nível de intimidade com os exercícios físicos. Ao perceber que as atingiu, aumente o grau de dificuldade. Isso ajudará a manter o foco na evolução, se adaptando à nova rotina rapidamente.

4. Seja persistente

Muitas pessoas desistem de treinar em casa por não observarem resultados rapidamente. Porém, nenhum tipo de exercício físico produz resultados instantâneos. Portanto, não desista depois de alguns dias sem perceber nenhuma mudança. Pouco a pouco o seu corpo mostrará as diferenças que você deseja. Sendo assim, respeite os seus limites e a sua própria evolução.

5. Escolha um ambiente privado

Treinar em casa também exige muita concentração e foco. Por isso, é quase impossível realizar os exercícios corretamente em meio a circulação de pessoas ou interrupções. Nesse cenário, é fundamental escolher um lugar onde você se sinta confortável para se entregar completamente às atividades. Apenas com essa privacidade será possível dar o seu máximo nos treinos, colhendo os tão esperados resultados.

6. Estabeleça uma rotina de exercícios segura

De nada adianta buscar sair do sedentarismo com uma rotina de exercícios para pessoas já praticantes de atividades físicas. Uma escolha errada como essa pode causar sérias consequências ao corpo, bem como a desmotivação para continuar. Sendo assim, pesquise exercícios para o seu grau de proficiência, aumentando-os aos poucos quando estiver preparado. Desse modo, você evoluirá de maneira segura e adequada ao seu organismo, no ritmo correto para manter os resultados. Não sabe como escolher os exercícios físicos adequados para treinar em casa? Veja como as aulas online do Namu podem ajudá-lo.

7. Mantenha regularidade nos horários

Nosso organismo tende a se adaptar mais rapidamente a situações rotineiras. Portanto, caso o seu dia a dia permita, estabeleça um horário fixo para treinar. Com isso, aos poucos seu corpo sentirá necessidade dos exercícios naquela hora, o que tornará a prática um hábito naturalmente. Inclusive, essa é a grande vantagem as aulas online: se exercitar quando puder. Sai cedo para o trabalho ou para a faculdade? Então reserve um tempo a noite para praticar as atividades. Só dá para praticar finais de semana ou feriados? Não tem problema, o importante é não ficar parado.

8. Estabeleça diversos parâmetros para análise

Um dos maiores erros que causa a desmotivação para treinar em casa é se basear apenas pelos números da balança. Muitas vezes, seu organismo está apresentando diversas mudanças que não estão diretamente ligadas ao peso. Sendo assim, procure analisar seus resultados com base em outros fatores, como sono, força muscular, flexibilidade e disposição física.

9. Não desista quando as dores surgirem

As dores musculares são um dos primeiros sinais de que os exercícios físicos trabalharam bem o grupo muscular proposto. Geralmente os incômodos são mais intensos nos primeiros dias, mas tendem a desaparecer com a prática regular dos exercícios.

10. Permita-se descansar

Por fim, compreenda que treinar em casa não significa ter que se exercitar todos os dias. Caso você adote essa atitude, principalmente de início, poderá sofrer sérias lesões musculoesqueléticas. No entanto, cabe ressaltar que não existe uma frequência ideal indicada, já que cada organismo reage de maneira diferente. Porém, especialistas recomendam a prática de atividades físicas pelo menos três vezes na semana, preferencialmente em dias alternados. Assim, dá tempo do grupo muscular trabalhado se recuperar e se preparar para as próximas atividades. Quer treinar em casa, mas não sabe como fazer isso de forma segura? Então assista a uma aula gratuita do curso online Treino Funcional em casa com a educadora física Jamille Farath. Temos certeza de que essa aula introdutória fará você abandonar de vez o sedentarismo e embarcar na tão sonhada vida fitness.

Recomendados
Fitness

Home Office: 6 exercícios para alongar durante o expediente

Aplicativo fitness oferece exercícios de alonga...

Meditação

5 exercícios para relaxar no home office

O super aplicativo app Namu possui mais de 240 ...