fbpx
Logo portal NAMU
HOME » Saúde » Saúde Mental »

Saúde Mental

Estresse e ansiedade: como tratar em casa

Quando o estresse e ansiedade estão presentes na rotina, problemas como insônia e depressão se tornam comuns
Da redação
26/10/20
Não há dúvida alguma que o estresse e ansiedade, bem como a depressão são considerados os males do século. Afinal, eles afetam o corpo e a mente, fazendo com que as pessoas tenham dificuldades de viver de forma saudável, leve e equilibrada. De acordo com um estudo realizado pelo International Stress Management Association, o Brasil é o segundo país mais estressado do mundo, perdendo apenas para o Japão. As causas para isso são várias, desde uma pesada carga profissional até a dupla jornada entre trabalho e afazeres pessoais.  No entanto, com o crescimento da tecnologia, tem se tornado cada vez mais fácil aliviar o estresse e ansiedade. Atualmente existem diversos aplicativos de celular que tratam esses problemas com a ajuda de profissionais qualificados. E o melhor disso tudo: onde e quando você puder.  Quer aliviar o estresse e ansiedade sem sair de casa e sem gastar fortunas com terapias e medicamentos? Então confira o artigo a seguir. Nele, você vai conferir 5 dicas eficazes para ter uma rotina mais leve e feliz.  

1. Crie uma boa relação com o seu corpo

Infelizmente, várias pessoas não se sentem felizes com o reflexo que observam no espelho. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Sophia Mind, cerca de 54% das mulheres não se sentem satisfeitas com a própria aparência. Isso, por sua vez, pode gerar uma série de consequências negativas, como estresse e ansiedade, por exemplo.  Por esse motivo, para ter uma vida mais leve é fundamental elevar a autoestima e criar uma boa relação com o próprio corpo. Contudo, saiba que isso não significa necessariamente perder alguns quilos e sim ter uma rotina de autocuidado.  Nesse sentido, hábitos como uma alimentação saudável, cuidados com a pele e tempo para lazer podem ajudar bastante. Ao cuidar do próprio corpo de dentro para fora os sintomas de estresse e ansiedade vão diminuir consideravelmente.

2. Comece a praticar meditação

Outra dica simples, porém eficaz para controlar os sintomas de estresse e ansiedade, é fazer meditação. Afinal, essa prática é capaz de trazer diversos benefícios, desde uma maior inteligência emocional para lidar com os problemas até o aumento do foco e da concentração.  Por esse motivo, é recomendado que você realize pelo menos meia hora de meditação por dia, na modalidade de sua preferência. Meditação guiada e Mindfulness, por exemplo, são apenas algumas das metodologias à disposição. Contudo, saiba que ambas oferecem vários benefícios para a saúde física e mental.  Mas onde praticar a meditação afinal? Nesse caso, o melhor caminho é optar por baixar um aplicativo em seu celular que ofereça essa solução. Por meio de soluções tecnológicas você pode ter acesso a aulas online de Mindfulness, Meditação Zazen, Yoga Nidra, Meditação Samatha e de cultivo do equilíbrio emocional.

3. Faça o controle das suas obrigações diárias 

Se tem uma expressão que caracteriza os tempos atuais é a famosa frase “correria do dia a dia”. Todos nós vivemos o tempo todo indo de um lugar para outro e nos desdobrando em mil para dar conta de todas as obrigações de trabalho, família, vida amorosa, estudos e metas pessoais.  No entanto, mesmo que você já esteja habituado a essa constante agitação, é preciso compreender que ela é um dos fatores causadores do estresse e ansiedade. Afinal, a falta de tempo para descansar, se organizar e cuidar de si mesmo acaba fazendo com que os problemas se acumulem e virem uma verdadeira bola de neve. Por esse motivo, uma dica bem simples é adotar o uso de um calendário para controlar as suas atividades agendadas. E mais uma vez, você pode recorrer aos aplicativos de celular para realizar essa tarefa. Dessa forma, fica muito mais fácil visualizar as demandas diárias já cumpridas e as que ainda estão pendentes. Com isso, você certamente terá uma rotina muito mais organizada e livre de estresse e ansiedade.

4. Pratique atividades físicas

E caso você acredite que para praticar atividades físicas é preciso ir para uma academia todos os dias está completamente enganado. Com a evolução da tecnologia, você pode treinar em casa de maneira segura e conforme as orientações de um educador físico profissional. Felizmente, hoje em dia há vários apps fitness que te ajudam a manter a boa forma. Mas afinal, o que isso tem a ver com estresse e ansiedade? Quando você pratica exercícios, há a liberação de endorfina e serotonina no seu organismo, hormônios responsáveis pela sensação de felicidade.  Além disso, se exercitar também contribui para a melhora da qualidade do seu sono. De acordo com dados da Associação Brasileira do Sono, cerca de 73 milhões de brasileiros dormem mal. Ao causar o cansaço dos músculos, os exercícios físicos ajudam a proporcionar um sono profundo por mais horas.

5. Adote uma alimentação mais saudável 

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, comer bem não é uma dica de cuidado apenas com o corpo. Mesmo que o seu estado físico seja diretamente afetado pela ausência de nutrientes nas refeições, não é só ele que sofre com as consequências de uma dieta sem regras.  Afinal, os alimentos que você consome possuem influência direta nas substâncias que serão produzidas e consequentemente liberadas em sua corrente sanguínea. Uma dieta pobre em nutrientes, por exemplo, tende a estimular neurotransmissores causadores de estresse e ansiedade. Por outro lado, uma alimentação rica em legumes, verduras, frutas e cereais tende a regular o humor. Por esse motivo a dica aqui é apostar em um cardápio variado, com alimentos de todas as cores, sabores e classes. Quanto mais colorido e diversificado for o seu prato, mais nutrientes ele trará para o seu corpo e para a sua mente.  Todavia, caso você não tenha muita intimidade com a cozinha, também poderá aproveitar a praticidade dos aplicativos de celular para aprender a preparar refeições equilibradas e diversificadas. Além disso, ainda poderá controlar as calorias que consome e a quantidade de água que bebe com apenas alguns cliques.  Como você pode perceber, a tecnologia pode ser uma grande aliada para te ajudar a reduzir os sintomas de estresse e ansiedade. Portanto, conte com o Super App Namu para ter uma vida mais equilibrada e feliz.

estresse e ansiedade


Recomendados
Saúde

O que é ansiedade infantil? Principais causas, sintomas e tratamentos

Antes de falarmos sobre ansiedade infantil, val...

Saúde Mental

Quais os desafios das empresas ao falar de saúde mental com os colaboradores?

Uma empresa é um local onde as pessoas passam b...